Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Radar Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por Robson Bonin
Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Nicholas Shores e Ramiro Brites. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

Vendas de medicamentos contra câncer crescem 32%

Alta ocorreu no período de junho deste ano em relação a igual período do ano passado

Por Lucas Vettorazzo Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
15 ago 2022, 18h30

Levantamento da InterPlayers indicou uma alta de 32% na venda de medicamentos para tratamento de câncer no Brasil em junho deste ano frente a igual período do ano passado.

O Distrito Federal e o Rio de Janeiro lideraram as vendas, tendo observado aumento de 135,63% e 64,09%, respectivamente, no período.

Os estados do Espírito Santo e de São Paulo também registraram crescimento, de 32,69%, e 15,57%, respectivamente. Já Mato Grosso e Mato Grosso do Sul tiveram quedas nas vendas em junho, de 45,66% e 15,49%, respectivamente.

Segundo a InterPlayers, a alta no consumo de medicamentos de câncer não quer necessariamente dizer que há mais pacientes com a doença no país. Um dos motivos apontados foi o efeito da pandemia de Covid-19, quando os hospitais estavam focados no tratamento da doença.

Continua após a publicidade

“Durante a primeira onda de contaminação, iniciada em 2020, clínicas e hospitais públicos e privados tiveram de cancelar consultas e internações eletivas por causa da necessidade de atender os pacientes que contraíram o coronavírus. Esse fator pode ter sido responsável por distorcer o resultado”, diz a empresa.

De acordo com dados do Inca publicados em junho do ano passado, 309.750 homens foram diagnosticados com algum tipo de câncer em 2020. Desse total, 65.840 tiveram câncer de próstata. Entre as mulheres, o número de novos casos em 2020 foi de 316.280, sendo o câncer de mama o mais comum, com 66.280 novos diagnósticos.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.