Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Radar Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO

Por Robson Bonin
Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Nicholas Shores e Ramiro Brites. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

Senado deve abrir uma nova CPI na semana que vem

Proposta por Renan Calheiros, comissão vai apurar responsabilidade da Braskem no afundamento de solo em Maceió, o "maior acidente ambiental urbano" do país

Por Gustavo Maia Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 19 out 2023, 16h50 - Publicado em 19 out 2023, 15h39

Proposta por Renan Calheiros, a CPI da Braskem deve sair do papel em breve no Senado.

O presidente da Casa, Rodrigo Pacheco, prometeu ao alagoano que lerá na semana que vem o requerimento para criar a comissão — que obteve 45 assinaturas no mês passado, mas não tem o apoio do governo. O número mínimo de apoios necessários era 27.

O pedido foi apresentado no plenário no dia 14 de setembro. Na ocasião, Pacheco chegou a dizer que leria o requerimento na semana seguinte, após parecer da Advocacia do Senado, “se cumpridos os requisitos”.

O objetivo da CPI é investigar a responsabilidade jurídica e socioambiental da Braskem em decorrência “do maior acidente ambiental urbano já constatado no país”, em 2018. Por causa da exploração do sal-gema pela mineradora, cinco bairros de Maceió sofreram afundamento de solo, o que prejudicou mais de 200.000 pessoas.

Continua após a publicidade

De acordo com o requerimento de Calheiros, a Comissão Parlamentar de Inquérito deverá investigar possíveis omissões da empresa na reparação à capital alagoana e aos moradores dos cinco bairros que tiveram o solo afundado.

Após a leitura no plenário por Pacheco, os líderes dos partidos deverão indicar os integrantes para que a comissão seja instalada.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.