Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Para Mourão, Amazônia precisa de ‘presença do Estado’

Fala do vice ocorre a seis meses do fim do mandato do atual presidente, Jair Bolsonaro, que reduziu as estruturas de fiscalização na área

Por Robson Bonin Atualizado em 28 jun 2022, 10h06 - Publicado em 28 jun 2022, 09h30

Coordenador Conselho Nacional da Amazônia Legal, o vice-presidente Hamilton Mourão falou recentemente num evento do Grupo GCB, holding do mercado financeiro e de capitais, sobre os desafios da Amazônia. Disse o seguinte:

“Precisamos melhorar a presença do Estado na Amazônia em todos os níveis. Em termos territoriais se somarmos o Amazonas e a cidade de Altamira no Pará, são mais de 2 milhões de quilômetros quadrados, o equivalente a seis Alemanhas. Temos praticamente a mesma área continental que os Estados Unidos, mas eles têm 48 estados e nós 26, isso mostra o desequilíbrio dos estados brasileiros. Por isso, temos que melhorar a presença do Estado em um lugar como a Amazônia. Melhorar a fiscalização, a questão do desenvolvimento que é a questão principal da Amazônia, usar os produtos da biodiversidade e fazendo o nosso papel na questão da mitigação da mudança climática”.

A seis meses do fim do mandato de Jair Bolsonaro, a fala do vice expõe uma constrangedora verdade. O atual governo não ampliou a “presença do Estado” na Amazônia e não tem realizações a exibir nessa questão. Ao contrário. Nos últimos três anos e meio, o que se viu foi a fragilização de órgãos de fiscalização ambiental e o ataque a estruturas que amparavam comunidades indígenas, com o avanço da criminalidade em diferentes áreas.

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)