Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Os encontros que selaram o apoio de FHC a Doria na disputa ao Planalto

Ex-presidente gravou vídeo declarando voto no governador paulista nas prévias do PSDB que acontecem em novembro

Por Laísa Dall'Agnol Atualizado em 18 ago 2021, 22h18 - Publicado em 19 ago 2021, 14h30

Durou praticamente um mês a articulação de João Doria nos bastidores do PSDB para que o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso anunciasse de vez seu apoio ao governador paulista nas prévias do partido e pavimentasse a unificação da sigla em São Paulo.

As conversas que resultaram no vídeo divulgado nesta semana já vinham sendo tocadas na reinauguração do Museu da Língua Portuguesa, no final de julho. Na ocasião, FHC declarou que Doria já tem seu voto na candidatura à Presidência da República.

Depois do afago, os tucanos se reuniram num café da manhã que selou o compromisso de gravação do vídeo.

“As prévias não excluem ninguém, mas escolhem. Eu já disse quem eu vou escolher, que é o João. Quem junta mais nesse momento é o Doria, não só porque ele é São Paulo e São Paulo é a força, mas porque ele é Brasil. O Doria representa o Brasil do futuro”, afirmou FHC.

As conversas para a ampliação da base tucana de apoio não pararam por aí. Doria tem dialogado com mais nomes de peso do partido, que em breve devem declarar a preferência pelo governador paulista.

Em novembro, devem disputar as prévias da legenda o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, o senador Tasso Jereissati e o ex-prefeito de Manaus Arthur Virgílio.

Continua após a publicidade

Publicidade