Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Máquina amazonense

A Justiça Eleitoral viu uma penca de ações de propaganda eleitoral irregular no site oficial e nos perfis das redes sociais do governo do Amazonas. Desembargador do TRE-AM, João Mauro Bessa assinou uma liminar, determinando que o governador, José Melo, do Solidariedade, retire do ar todas as peças informando as supostas maravilhas de sua administração. […]

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 03h18 - Publicado em 11 ago 2014, 17h28
Liminar no TRE

Liminar no TRE

A Justiça Eleitoral viu uma penca de ações de propaganda eleitoral irregular no site oficial e nos perfis das redes sociais do governo do Amazonas.

Desembargador do TRE-AM, João Mauro Bessa assinou uma liminar, determinando que o governador, José Melo, do Solidariedade, retire do ar todas as peças informando as supostas maravilhas de sua administração.

Melo, candidato à reeleição, é aliadíssimo do antecessor, Omar Aziz, que deixou a cadeira em abril para concorrer ao Senado.

A dupla briga com a turma de Eduardo Braga, postulante ao governo do Amazonas, e, claro, autor da denúncias à Justiça Eleitoral.

A representação enviada ao TRE fala em 501 materiais de propaganda institucional publicados nos canais do governo amazonense.

Continua após a publicidade

Publicidade