Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Radar Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por Robson Bonin
Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Nicholas Shores e Ramiro Brites. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

#CÂMARA#A volta da farra?

A proposta de instituir um "cotão" reunindo todas as verbas a que os parlamentares tem direito – passagens aéreas, verba indenizatória, cota postal e de telefone – vai acabar com uma das principais medidas moralizadoras estabelecidas em meio à farra de passagens aéreas. A regra anunciada semanas atrás para pôr fim à farra aérea tinha […]

Por Da Redação
Atualizado em 31 jul 2020, 17h38 - Publicado em 15 Maio 2009, 18h51

A proposta de instituir um “cotão” reunindo todas as verbas a que os parlamentares tem direito – passagens aéreas, verba indenizatória, cota postal e de telefone – vai acabar com uma das principais medidas moralizadoras estabelecidas em meio à farra de passagens aéreas.

A regra anunciada semanas atrás para pôr fim à farra aérea tinha dois pontos centrais: impedia as viagens de pessoas que não fossem do gabinete e estabelecia que a parte da verba que não fosse usada seria devolvida para a Câmara.

Caso o cotão – que deve variar de 25 000 a 30 000 reais – realmente venha a ser instituido, a segunda parte da medida moralizadora será extinta. Como as passagens serão apenas um dos gastos autorizados a ser feitos com a nova cota, acaba a devolução do excedente.

Tudo o que os deputados economizarem nos voos, poderá ser gasto, por exemplo, para fortalecer os gabinetes no estado – que viram comitês eleitorais nas campanhas – e na distribuição de mais cartas a eleitores via cota postal.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.