Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Radar Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO

Por Robson Bonin
Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Nicholas Shores e Ramiro Brites. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

Brasil defende medidas reparatórias contra racismo em fórum na Suíça

A secretária-executiva do Ministério dos Direitos Humanos participou de evento paralelo ao Fórum Permanente sobre Pessoas Afrodescendentes, em Genebra

Por Gustavo Maia Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 9 Maio 2024, 12h16 - Publicado em 17 abr 2024, 11h30

Durante um evento paralelo ao Fórum Permanente sobre Pessoas Afrodescendentes, em Genebra, na Suíça, a secretária-executiva do Ministério dos Direitos Humanos e da Cidadania, Rita Oliveira, defendeu que medidas reparatórias são formas de materializar o compromisso com os direitos humanos. A fala ocorreu nesta terça, no debate “Atlântico Vermelho – A Realização dos Direitos Humanos para Indivíduos Negros Através do Poder da Arte”, na sede da ONU.

Como representante do governo brasileiro, ela relatou esforços realizados pelo país para promover a cidadania e ressaltou a importância da memória e da verdade como meio de reparar, historicamente, a escravidão e o tráfico de pessoas escravizadas. A coordenadora-geral de Memória e Verdade da Escravidão e do Tráfico Transatlântico de Pessoas Escravizadas do ministério, Fernanda Thomaz, também integra a comitiva para participar de reuniões bilaterais e discutir a memória.

Criado em 2021, o fórum é um espaço para os países discutirem temas importantes para a população afrodescendente no mundo, incentivar e valorizar a participação de organizações da sociedade civil e pessoas defensoras de direitos humanos. O evento segue até sexta-feira com o objetivo de aprofundar a reflexão sobre o racismo sistêmico, a justiça restaurativa e o desenvolvimento sustentável na Década Internacional dos Afrodescendentes, que acaba neste ano.

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.