Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Bolsonaro desiste de discursar em cerimônia do Exército

Presidente falaria, mas mudou de ideia pouco antes de o evento começar

Por Lucas Vettorazzo 25 ago 2021, 12h11

O presidente Jair Bolsonaro desistiu de discursar, na manhã desta quarta-feira, durante um desfile do Exército em homenagem ao Dia do Soldado, em Brasília.

Na noite de ontem, havia a previsão oficial de uma fala do presidente no evento, que teve desfile de veículos blindados, exibição de armas e marcha com 1.461 militares. 

Uma ala da caserna estava preocupada que o presidente utilizasse a oportunidade de seu discurso e a presença do comando do Exército no local para lançar ameaças e ataques em direção a outras instituições e escalar ainda mais a crise entre poderes no país. 

Segundo o Radar apurou, o cerimonial do presidente avisou à organização do desfile no início do evento que o mandatário não iria discursar mais. 

Não se sabe ainda o motivo da mudança de planos, mas talvez Bolsonaro tenha ouvido seu ministro das comunicações, Fábio Faria, que disse na última segunda que era a hora de uma trégua na guerra do chefe do Executivo com membros do Judiciário. O momento, disse ele, seria o de “recolher armas”.

Continua após a publicidade

Publicidade