Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Maquiavel

Por José Benedito da Silva
A política e seus bastidores. Com Laísa Dall'Agnol, Victoria Bechara, Bruno Caniato, Valmar Hupsel Filho e Isabella Alonso Panho. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

Os pontos fracos de Lula para 2022, segundo o ex-lulista Ciro Nogueira

Ministro vê flanco no entorno do ex-presidente, com alta rejeição a pessoas próximas a ele, como a presidente do PT, deputada Gleisi Hoffmann

Por João Pedroso de Campos Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 4 ago 2021, 18h10 - Publicado em 4 ago 2021, 17h58

Recém-empossado na poderosa Casa Civil do governo Bolsonaro, o senador Ciro Nogueira já foi um entusiasmado aliado do ex-presidente Lula, intitulado certa vez pelo cacique do centrão como “melhor presidente da história” e a quem Nogueira faz questão de manter alguma deferência até mesmo após sua conversão ao capitão – a interlocutores, ele se refere ao petista como “pessoa muito querida”.

Sentado à primeiríssima fileira do palanque oposto, como o ministro avalia então combater o ex-presidente, favorito absoluto nas pesquisas para o Palácio do Planalto em 2022? Além do óbvio passivo de Lula com a Justiça, frequentemente citado por Bolsonaro e seus aliados, Ciro Nogueira olha para o entorno do petista.

Em conversa recente, além de observar ao interlocutor que a rejeição de Lula é muito grande e que “não tem partido mais odiado no país do que o PT”, o ministro disse ter tido acesso a pesquisas qualitativas que mostram uma rejeição ainda maior a figuras como a presidente do PT, a deputada Gleisi Hoffmann, e o ex-senador Lindbergh Farias. A palavra usada por Nogueira para defini-los é “desastre”.

Apostando firme na polarização, o ministro mais poderoso do Palácio do Planalto acha que a lembrança do séquito petista e a perspectiva de volta dessa turma ao poder ajudará o eleitor a superar a atual “lua de mel de Lula” e o que Nogueira vê como “raiva momentânea” da população pelo presidente, diante do desgoverno na pandemia.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.