Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Em Cartaz

Por Raquel Carneiro
Do cinema ao streaming, um blog com estreias, notícias e dicas de filmes que valem o ingresso – e alertas sobre os que não valem nem uma pipoca
Continua após publicidade

O detalhe que chamou a atenção em ‘Nosso Lar 2’

Filme espírita protagonizado por Edson Celulari e Renato Prieto está em cartaz nos cinemas

Por Kelly Miyashiro Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 8 Maio 2024, 16h28 - Publicado em 30 jan 2024, 18h31

Em cartaz nos cinemas, Nosso Lar 2 tem como história uma jornada de espíritos de luz que precisam salvar projetos de vida. O filme já se tornou um grande sucesso de bilheteria com o segundo melhor final de semana de estreia de um filme nacional desde 1995, com mais de 580 000 espectadores. Um detalhe do longa que chama a atenção, entretanto, é a escolha peculiar do figurino dos personagens. Imaginar como espíritos se vestem — se é que eles se vestem — é um movimento curioso e ousado, mas a seleção das roupas que Aniceto (Edson Celulari), André Luiz (Renato Prieto) e sua turma usam é de um gosto cafona terrível. As vestimentas básicas têm cores sóbrias e claras, com batas formais criadas para transmitir a ideia de pureza, mas o recorte das peças beira um crime de moda, infelizmente.

A história de Nosso Lar 2

Em Nosso Lar 2, o mensageiro Aniceto (Edson Celulari) é um espírito de luz. Habitante da cidade espiritual de Nosso Lar, ele é enviado à Terra junto ao médico André Luiz (Renato Prieto) e demais companheiros em uma tarefa importante: salvar projetos de vida de espíritos que reencarnaram com missões honrosas, mas que estão prestes a fracassar. Baseado no best-seller Os Mensageiros, livro psicografado por Chico Xavier (1910-2002) — o verdadeiro “autor” seria o espírito que ditou a obra para o médium, André Luiz —, Nosso Lar 2 — Os Mensageiros está em cartaz no país quase catorze anos após seu predecessor arrastar mais de 4 milhões de pessoas aos cinemas.

A nova trama é independente da primeira, mas bebe de suas expectativas: sucesso de bilheteria, Nosso Lar arrecadou 31 milhões de reais no período de exibição, tornando-se um fenômeno nacional. Na época, o filme nadou de braçada em meio a um aumento expressivo do espiritismo no Brasil: de 2000 a 2010, o número de adeptos da doutrina kardecista cresceu 65% no país, segundo o censo do IBGE. A tendência religiosa se refletiu também nas telas. Alguns sucessos do ramo foram lançados em sequência. Primeiro veio uma cinebiografia de Bezerra de Menezes, seguida por outra de Chico Xavier e, por fim, o arrasa-­quarteirão Nosso Lar.

Continua após a publicidade

Acompanhe notícias e dicas culturais nos blogs a seguir:

Tela Plana para novidades da TV e do streaming
O Som e a Fúria sobre artistas e lançamentos musicais
Em Cartaz traz dicas de filmes no cinema e no streaming
Livros para notícias sobre literatura e mercado editorial

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.