Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

CannabiZ Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por André Sollitto e Ricardo Amorim
Novidades e reflexões sobre o mercado da cannabis legal, no Brasil e no mundo
Continua após publicidade

Café com maconha: empreendedoras brasileiras criam bebida com CBD

Café Maria, parceria entre a Hemp Vegan e a Larica Uruguai, é produzida na Europa com grãos cultivados na África

Por André Sollitto Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
27 mar 2023, 16h55

O mercado de produtos derivados de cannabis está repleto de opções inusitadas. Dos comestíveis que parecem balinhas de goma a cerveja com terpenos, as opções são abundantes. E um dos setores mais promissores é o de cafés infusionados com CBD, como o recém-lançado Café Maria, iniciativa de duas empreendedoras brasileiras ligadas ao mercado de cannabis.

O lançamento é uma parceria entre a Hemp Vegan, da biomédica Bárbara Arranz, e de Marcela Ikeda, do Larica Uruguai, que oferece experiências gastronômicas. Arranz criou a Hemp Vegan depois de usar a cannabis no tratamento do autismo de seu filho. Foi assim que descobriu a potência da planta. Com a empresa, cria produtos desenvolvidos com cannabis para o mercado europeu. Tem uma loja física em Madri, na Espanha, e atende outros países, como Inglaterra e Holanda. Já Ikeda se mudou para o Uruguai depois de 20 anos morando no Japão e foi uma das primeiras a desenvolver alta gastronomia elaborada com a erva. Hoje, elabora receitas, prepara o lançamento de um livro e tem uma linha de comestíveis.

“Nos conhecemos na pandemia e sempre quisemos lançar um produto juntos, uma bebida. Até que chegamos no café”, conta Ikeda. “Queríamos que o produto acompanhasse o ritual envolvendo a cannabis, e há muita gente que gosta de consumir a erva junto com um café, de manhã”.

As empreendedoras Marcela Ikeda e Bárbara Arranz -
As empreendedoras Marcela Ikeda e Bárbara Arranz – (Divulgação/Divulgação)

O café Maria é produzido a partir de grãos cultivados na Tanzânia, na África. Vão para a Eslovênia, onde está localizado o cultivo próprio da Hemp Vegan, e lá é torrado. Durante o processo da torra, ele solta um óleo, que se mistura à infusão de cannabis. Quando o café seca, ele fica infusionado com os dois óleos, de CBD e do próprio grão de café. “A cafeína é muito similar ao CBD em sua estrutura molecular, e acaba trabalhando com alguns dos mesmos neurotransmissores”, afirma Arranz. “Por isso, o CBD potencializa a prontidão mental que a cafeína proporciona, mas corta alguns dos efeitos secundários, como a ansiedade e a irritação noturna”, diz ela.

Por enquanto, o Café Maria será vendido apenas na Europa, já que a venda de produtos produzidos com cannabis ainda é restrita no Brasil. Mas Bárbara Arranz vê com bons olhos as mudanças no mercado brasileiro, ainda que elas aconteçam de forma lenta. “Acredito muito no que vem pela frente, mas acredito que será uma transformação a médio prazo. Hoje tudo ainda é muito burocrático e caro no Brasil”, diz ela.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.