Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Augusto Nunes Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por Coluna
Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

A democracia do PT é irmã da ditadura

Nas últimas 48 anos, o Brasil acompanhou cenas de violência e vandalismo em nome da "paz e da não violência"

Por Augusto Nunes
Atualizado em 7 abr 2018, 15h46 - Publicado em 7 abr 2018, 14h59

Nas últimas 48 horas, o PT demonstrou que tipo de regime sonha instituir no Brasil. Como demonstram as imagens abaixo, os integrantes da seita chamam de “democracia” uma abjeção que é irmã da ditadura. 

Um homem que protestava contra Lula é agredido e sofre traumatismo craniano:

O prédio no qual a ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal, tem um apartamento é vandalizado:

Continua após a publicidade
Prédio da ministra Cármen Lúcia é depredado em Belo Horizonte (Reprodução/Reprodução)

Um veículo da BandNews FM, estacionado nas proximidades do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, teve um dos vidros quebrados por militantes:

Um carro da BandNews FM teve um dos vidros quebrados por militantes petistas (Reprodução/Reprodução)

Petistas expulsaram jornalistas da CBN da sede do Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo do Campo ( repórteres do Correio Braziliense, da Folha, do Estadão e do SBT também foram hostilizados):

Na missa negra celebrada para atrasar em mais algumas horas a prisão do petista, Dilma Rousseff fez uma oração: “Essa é uma oração de paz, de uma época da humanidade que mostra que somos da paz, não da injustiça nem da violência. É a oração de Francisco de Assis”. 

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.