Clique e assine a partir de 8,90/mês

O novo camarão rock’n’roll: ‘Synalpheus pinkfloydi’

A nova espécie, batizada em homenagem à banda Pink Floyd, habita a costa do Panamá e emite um estalo mais alto que o barulho de um tiro com sua garra

Por Da redação - Atualizado em 12 abr 2017, 11h33 - Publicado em 12 abr 2017, 11h29

Um grupo de cientistas britânicos, brasileiros e americanos descobriu uma nova espécie de camarão que, com sua garra rosa, emite um estalo mais alto do que o barulho de um tiro, indica um estudo publicado nesta quarta-feira no periódico Zootaxa. O animal, que vive na costa do Pacífico do Panamá, foi batizado em homenagem à Pink Floyd pelos pesquisadores, que afirmam ser grandes fãs da banda de rock.

O animal, que recebeu o nome científico de Synalpheus pinkfloydi, é uma nova espécie de camarão-pistola, ou camarão-de-estalo, um tipo de crustáceo que, ao fechar sua garra rapidamente, produz um estalo capaz de atordoar as presas. No caso da espécie recém-descoberta, o barulho é tão alto que consegue matar peixes pequenos. As habilidades sônicas do animal e a cor rosada de sua garra, segundo os cientistas, combinavam perfeitamente com o nome da banda – principalmente considerando que pink, de Pink Floyd, significa “rosa”, em português.

Sammy De Grave, chefe de pesquisa do Museu de História Natural de Oxford, nos Estados Unidos, e um dos líderes da pesquisa, afirma gostar de Pink Floyd desde a adolescência. “Ouço Floyd desde que [o álbum] The Wall foi lançado em 1979, quando eu tinha 14 anos”, disse em comunicado. “A descrição dessa nova espécie de camarão-pistola foi a oportunidade perfeita de finalmente fazer uma homenagem à minha banda favorita.”

Synalpheus pinkfloydi não é o único camarão-pistola com uma garra tão poderosa. Ele possui uma espécie irmã muito parecida, chamada de Synalpheus antillensis, que foi cientificamente descrita em 1909 e é encontrada na costa caribenha do Panamá, no Atlântico oeste. Apesar das semelhanças físicas, os autores do novo artigo descobriram que as duas espécies apresentam considerável divergência genética.

Animais com nomes de famosos

Não é a primeira vez que cientistas homenageiam famosos ao descobrir uma nova espécie de animal. Em dezembro de 2016, uma aranha com um formato parecido ao Chapéu Seletor que aparece nos filmes da saga Harry Potter foi batizada em homenagem ao personagem Godric Gryffindor, dono do acessório na série. Além dela, outros animais, como uma mosca que leva o nome da cantora Beyoncé e uma abelha batizada para lembrar Sheldon Cooper, da série The Big Bang Theory, também foram descritos nos últimos anos.

Conheça outras descobertas científicas batizadas em homenagem a celebridades:

Continua após a publicidade
Publicidade