Clique e assine a partir de 8,90/mês

Cães imitam a personalidade dos donos, diz pesquisa

Os cachorros podem refletir ansiedade e sentimentos negativos que percebem – e também agir positivamente para ajudar os donos a lidar com o estresse

Por Da redação - Atualizado em 15 fev 2017, 10h20 - Publicado em 15 fev 2017, 10h14

Uma equipe de pesquisadores austríacos forneceu evidências científicas para o que muita gente já imaginava: cães desenvolvem personalidades muito parecidas à do seu dono. Um estudo divulgado semana passada no periódico PLoS ONE revelou que cachorros conseguem refletir algumas emoções dos humanos, como ansiedade e negatividade. Além disso, quando são mais amigáveis e relaxados, esses animais de estimação podem passar tais características aos donos e ajudá-los a lidar com o estresse.

“Nossos resultados comprovam aquilo que vivemos na prática: cães e seus donos são pares sociais e influenciam um ao outro na maneira como lidam com o estresse”, conta Iris Schoberl, líder do estudo e pesquisadora da Universidade de Viena, na Áustria, à BBC. Segundo ela, as evidências encontradas mostram que os cachorros podem coletar informações sobre o estado emocional das pessoas e ajudar seu comportamento de acordo com ele.

Reflexo das emoções

Para realizar o estudo, Iris e sua equipe recrutaram 132 cachorros e seus donos para realizar uma série de testes, que incluíam medições do batimento cardíaco e resposta a possíveis ameaças. Amostras de saliva foram coletadas para medir os níveis de cortisol presentes, o hormônio que regula a resposta do nosso organismo ao estresse.

Após as análises, os donos foram classificados de acordo com as características de sua personalidade: neuróticos, extrovertidos, abertos às experiências, afáveis e conscientes. Depois, eles responderam um questionário sobre seus animais de estimação, e os cachorros também tiveram sua personalidade avaliada.

Segundo Iris, tanto os cães quanto os donos influenciavam seus mecanismos de imitação, sendo que os humanos exerciam em seus animais de estimação uma influência ainda maior do que recebiam.

Não é a primeira vez que cientistas descobrem que cachorros se espelham em comportamentos humanos. Pesquisas anteriores constataram que os cães também podem ser pessimistas, e costumam imitar a troca de olhares entre adultos e crianças como uma forma de demonstrar afeto, fortalecendo o elo que têm com seus donos.

Continua após a publicidade
Publicidade