Clique e assine a partir de 9,90/mês

Testemunhas dão detalhes sobre o assassinato de Marielle e Anderson

Elas relataram que viram apenas um carro perseguindo o carro da vereadora do PSOL assassinada no Rio

Por Da Redação - 1 abr 2018, 13h35

Duas pessoas que afirmam ter testemunhado o assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL) e do motorista Anderson Gomes contaram detalhes do crime para o jornal O Globo. Segundo o jornal, as duas foram ouvidas separadamente e deram relatos idênticos.

A reportagem conta que as testemunhas se assombraram com a violência com que o Cobalt prata, guiado pelos criminosos, fechou o Agile branco, conduzido por Anderson, que substituía o motorista de Marielle.

Segundo as testemunhas, o motorista do Agile reduziu a velocidade, enquanto da janela de trás do Cobalt uma pessoa usou uma arma de cano alongado para disparar contra o outro carro.

Elas relataram ainda que viram apenas um carro perseguindo o carro de Marielle, e não dois como se cogitou até agora.

Continua após a publicidade

De acordo com o jornal O Globo, as testemunhas permaneceram no local até a chegada da polícia, mas saíram de lá sem serem ouvidas por orientação de policiais militares. “Cheguei a esperar alguns minutos no local, mas os PMs mandaram as pessoas irem para casa”, disse uma das testemunhas, que conta que ficou com medo.

Publicidade