Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Temporal deixa Rio em estágio de alerta e provoca ao menos quatro mortes

Previsão é de que chuva continue nesta segunda e prefeitura recomenda que população adie compromissos

Por Redação Atualizado em 2 mar 2020, 08h10 - Publicado em 1 mar 2020, 10h48

O temporal que atingiu o Rio de Janeiro na noite de sábado e na madrugada deste domingo, 1º, provocou estragos e deixou a cidade em estágio de alerta – o quarto nível em uma escala de cinco de ocorrências com impactos graves ao município. O estágio de alerta foi declarado à 0h20.

As chuvas causaram pelo menos quatro mortes. Segundo o Corpo de Bombeiros, um homem morreu em um deslizamento de terra em Jacarepaguá. Outras duas mortes foram confirmadas pela corporação na Zona Oeste e em Mesquita, Baixada Fluminense. A Defesa Civil recebeu um alerta sobre uma quarta vítima, um homem que teria se afogado na Zona Norte. O desabamento de uma casa de Magé, na Baixada Fluminense, deixou mais dois feridos.

Segundo o Alerta Rio, sistema que mede o clima na capital fluminense, a previsão para este domingo é que o tempo instável continue, com chuva moderada e forte a qualquer momento.

O Centro de Operações da Prefeitura do Rio recomendou que a população adie compromissos neste domingo, permaneça em local seguro e só se desloque se estiver em uma área de risco ou em caso de extrema necessidade.

Pontos de alagamento e quedas de árvore provocaram interdições em vias do Rio, como a Avenida Brasil, Rua Apiacás, Avenida Marechal Alencastro e Estrada das Canoas, entre outros. Os transtornos também causaram suspensão e atrasos no transporte público, afetando ônibus do BRT Rio e trens da Supervia.

Em diversas partes da Zona Oeste do Rio houve registro de mais de 100mm de chuva.

 

Continua após a publicidade
Publicidade