Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

PSOL cobra ‘apuração imediata e rigorosa’ de assassinato

Vereadora do partido, Marielle Franco foi morta a tiros no Rio de Janeiro

Horas depois do assassinato da vereadora Marielle Franco, o PSOL divulgou um comunicado manifestando pesar pela morte e cobrando “apuração imediata e rigorosa” do crime. “A atuação de Marielle como vereadora e ativista dos direitos humanos orgulha toda a militância do PSOL e será honrada na continuidade de sua luta.”

Marielle foi morta a tiros na noite desta quarta-feira, no Rio de Janeiro. O motorista do carro em que ela estava também foi baleado e morto. O crime aconteceu no bairro do Estácio, na região central do Rio. Quinta vereadora mais votada da cidade, ela participou na noite desta quarta de um evento com jovens negras na Lapa.

Ativa nas redes sociais, a vereadora costumava postar mensagens de apoio ao movimento negro e aos direitos da mulheres e críticas ao governo de Michel Temer, à intervenção federal no estado e à atuação da polícia.

Confira abaixo a íntegra da nota do PSOL:

“O Partido Socialismo e Liberdade vem a público manifestar seu pesar diante do assassinato da vereadora Marielle Franco. Estamos ao lado dos familiares, amigos, assessores e dirigentes partidários do PSOL/RJ nesse momento de dor e indignação. A atuação de Marielle como vereadora e ativista dos direitos humanos orgulha toda a militância do PSOL e será honrada na continuidade de sua luta. Exigimos apuração imediata e rigorosa desse crime hediondo. Não nos calaremos!

Marielle, presente!”

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Alvaro Antonio Zanin

    sinto muito pela perda, porem NÃO DEVERA HAVER DIFERENÇA no tratamento das investigações deve seguir o mesmo TRAMITE das MILHARES PESSOAS QUE SÃO ASSASSINADAS anualmente no RJ, aonde estão a PF Sr Julguman nos demais casos?

    Curtir