Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

PF prende chefe regional do PCC na fronteira com Paraguai

Minotauro é acusado de tráfico de drogas e uso de documento falso, além de ser suspeito de matar um policial militar no MS

Por Da Redação Atualizado em 5 fev 2019, 13h11 - Publicado em 5 fev 2019, 12h34

A Polícia Federal prendeu nesta segunda-feira, 4, em Balneário Camboriú, Santa Catarina, um comandante regional do Primeiro Comando da Capital (PCC), Sérgio de Arruda Quintiliano Neto, conhecido como Minotauro. Foram expedidos contra ele dois mandados de prisão por tráfico de drogas e uso de documento falso.

As investigações para localizar e prender o traficante duraram cerca de seis meses, segundo a PF, e contou com o apoio das polícias estaduais do Mato Grosso do Sul e de Santa Catarina. Minotauro é a liderança regional da facção que se dedica ao tráfico de drogas originárias da Bolívia na região da fronteira do estado sul-mato-grossense com o Paraguai.

Além dos mandados de prisão, ele é suspeito de ser um dos responsáveis pelo assassinato de um policial civil do Mato Grosso do Sul em março de 2018 e de ter participação na morte de uma advogada em Pedro Juan Caballero, no Paraguai, em novembro do ano passado.

De acordo com a PF, a organização criminosa comandada por Minotauro na região é suspeita de ser a responsável pelo violento ataque a uma residência em Ypehu no Paraguai, cidade próxima ao município de Paranhos no Mato Grosso do Sul. Na operação denominada como Teseu, foram apreendidos dinheiro em espécie, telefones celulares e um veículo de luxo. O nome da ação é uma referência ao herói grego que derrotou o minotauro na mitologia.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.