Clique e assine a partir de 9,90/mês

Muito além da varanda gourmet

De campo de paintball a spa, condomínios de luxo do interior de São Paulo oferecem cada vez mais sofisticação

Por Sabrina Brito - Atualizado em 10 jul 2020, 17h01 - Publicado em 10 jul 2020, 16h59

Na década de 1970, empresários brasileiros passaram a investir na construção de grandes condomínios de luxo no interior do País. A ideia era criar ambientes com alta sofisticação, que permitissem aos moradores fugir do trânsito carregado, dos elevados índices de poluição e da crescente violência das grandes cidades.

Cinco décadas depois, a proposta evoluiu: os condomínios estão cada vez mais sofisticados, oferecendo uma  diversidade de mimos inimagináveis tempos atrás. Os condomínios estão se tornando verdadeiros resorts.  

Um dos exemplos mais marcantes é a Fazenda Boa Vista, situada no município de Porto Feliz, a uma hora de carro de São Paulo. O complexo oferece spa, arena de paintball, centro esportivo, campos de golfe e polo, hípica e fazendinha, entre outros atributos. “Muita gente quer estar aqui para ampliar suas relações sociais”, diz a corretora Renata Firpo, da Coelho da Fonseca. “Isso ganhou muito valor.” Além disso, está em andamento um projeto ao lado, chamado Boa Vista Village, que planeja incluir uma escola, lojas, piscina de ondas e um centro de saúde no local.

A tendência está em alta. Outro projeto para os muito ricos é a Fazenda da Grama, localizada em Itupeva, a 70 quilômetros da capital. O local busca aliar o campo à praia, incluindo em suas dependências uma piscina de ondas artificiais com tecnologia que garante mil ondas por hora. O espaço também contará com spa, campo de golpe e pousada para visitantes. 

Publicidade