Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Delegado é preso em operação contra máfia de bicheiro e Ronnie Lessa

Foram apreendidos quase R$ 2 milhões dentro de sacos de grifes famosas e mala na casa de uma delegada em um condomínio de luxo na Barra da Tijuca

Por Adriana Cruz Atualizado em 10 Maio 2022, 11h19 - Publicado em 10 Maio 2022, 10h51

Conselheiro da Agência Reguladora de Energia e Saneamento (Agenersa), o delegado Marcos Cipriano é um dos presos acusado de integrar a máfia do bingo na zona oeste da cidade comandada pelo bicheiro Rogério Andrade e o PM reformado Ronnie Lessa, preso apontado como executor das mortes da vereadora Marielle Franco (Psol) e de seu motorista Anderson Gomes, em 2018.

Cipriano é apontado como delegado que falava diretamente com Ronnie Lessa para cooptar policiais civis, como a delegada Adriana Belém, que foi titular da 16ª DP (Barra da Tijuca), em 2018, para atender aos interesses do grupo mafioso, como a liberação de máquinas. Bem articulado no Palácio Guanabara, Cipriano está afastado da polícia, mas nomeado na Agenersa com a chancela do governo do estado e da Assembleia Legislativa.

Na casa de Adriana Belém, um condomínio de luxo da Barra da Tijuca, o MP apreendeu quase 2 milhões de reais. O dinheiro estava escondido em sacolas de grifes famosas e em uma mala. Adriana também já não estava na Polícia Civil, mas na Secretaria Municipal de Esporte. Ela foi à Corregedoria da Polícia Civil para prestar esclarecimentos sobre a origem do dinheiro.

A operação do Ministério Público visa cumprir 29 mandados de prisão e 119 mandados de busca e apreensão que envolvem agentes das polícias civil e militar. Ao todo 30 acusados foram denunciados à 1ª Vara Criminal Especializada, entre eles o bicheiro Rogério de Andrade e seu filho Gustavo Andrade, chamado de Príncipe Regente.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.