Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Diretores da Band estão na casa de Boechat para amparar a família

Parentes foram buscar as duas filhas menores do âncora na escola, para que elas não soubessem da morte por terceiros

O jornalista Ricardo Boechat, morto em acidente aéreo nesta segunda-feira, 11, na Rodovia Anhanguera, em São Paulo, deixou seis filhos: Beatriz, 43 anos, Rafael, 39, Paula, 38, Patrícia, 30, Valentina, 14, e Catarina, 11. No jornal e na rádio, ele se referia aos filhos pelo termo carinhoso de “minhas crianças”.

As duas filhas menores não sabiam da tragédia noticiada por estarem no colégio, então alguns parentes foram pegá-las no começo da tarde para que não soubessem por terceiros.

Boechat era casado com a também jornalista Veruska Seibel. Amigos e diretores da Band já estão na casa dela neste momento, para dar amparo e consolo.

Veruska é natural do Espírito Santo, onde começou a carreira trabalhando como colunista social. Foi em Vitória que o casal e as filhas passaram o Natal e, depois, seguiram de férias para os Estados Unidos.

Acidente com helicóptero

O jornalista Ricardo Boechat morreu em queda de helicóptero hoje de manhã na Rodovia Anhanguera, em São Paulo, conforme noticiou a coluna RadarO chamado de socorro foi feito às 12h14. Além de Boechat, o piloto da aeronave, Ronaldo Quattrucci, também foi morto na tragédia.

Boechat estava retornando de Campinas, onde havia feito uma palestra em encontro da Libbs, empresa farmacêutica. Segundo o Registro Aeronáutico Brasileiro (RAB), a aeronave está no nome da RQ Serviços Aéreos Especializados Ltda. e estava com a documentação dentro da validade.