Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Folião morre eletrocutado ao encostar em poste no Carnaval de SP

Estudante de 22 anos sofreu uma descarga elétrica ao se apoiar em um semáforo na Rua da Consolação no qual haviam sido instaladas câmeras de monitoramento

Um jovem de 22 anos morreu eletrocutado nesse domingo, 4, enquanto participava de um bloco de Carnaval na Rua da Consolação, no centro de São Paulo. Lucas Antônio Lacerda da Silva, estudante da Universidade Federal do ABC, teve uma parada cardiorrespiratória depois que se encostou em um poste de sinalização para descansar.

Lucas foi socorrido e encaminhado para a Santa Casa de Misericórdia, no bairro de Santa Cecília.  “O paciente deu entrada no domingo. Vítima de choque elétrico em via pública, sendo reanimado no local do acidente e no transporte para a Santa Casa”, diz nota. “Ao dar entrada no Pronto-Socorro, apresentava parada cardiorrespiratória, sendo mantidas as manobras de reanimação por 30 minutos, sem resposta”.

No poste onde Lucas se encostou foram instaladas duas câmeras de monitoramento. O equipamento pertence à GWA System, uma subcontratada da empresa Dream Factory, que venceu a concorrência da gestão João Doria (PSDB) para gerir o patrocínio de R$ 20 milhões para do Carnaval de rua neste ano.

Em nota, a Dream Factory disse que “lamenta o ocorrido”. “Somente a perícia dos órgãos competentes poderá informar se a causa da morte está ou não associada à instalação das câmeras da GWA System. Neste momento ainda não há esta confirmação. A empresa afirma que está à disposição para colaborar com as investigações.”

Procurada, a Companhia de Engenharia de Tráfego informou que “está colaborando com a investigação da Polícia Civil e aguarda a conclusão da perícia sobre as causas do acidente”. “A CET esclarece que as câmeras instaladas no poste semafórico não pertencem à companhia”, diz o texto.

Tia de Lucas, Claudia Ramos de Lacerda publicou no Facebook que o sobrinho vai ser enterrado em Cardoso, cidade natal do rapaz, no interior de São Paulo. Na publicação, ela afirmou que Lucas estava muito feliz no Carnaval.

“Estava no Carnaval de rua muito Feliz e teve uma descarga elétrica ao se apoiar em um poste. Estamos trazendo o corpo do meu sobrinho-filho, para Cardoso, onde será velado. Sem palavras, peço orações para todos nós e para o nosso meninão encontrar seu caminho de luz”, afirmou a tia.