Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Em 10 anos, frota do litoral dobra e o trânsito só piora

Por Da Redação 13 nov 2011, 07h18

Por Márcio pinho

São Paulo – O feriado prolongado no litoral paulista será, mais uma vez, sinônimo de trânsito. Mas o que muitos turistas não sabem é que os congestionamentos ocorrem também nos dias úteis, de segunda a sexta-feira. Os arranha-céus que estão sendo inaugurados neste ano em Santos, Guarujá e Praia Grande criarão 7.310 vagas de veículos, contribuindo para um problema que parece sem fim: a explosão da frota e do trânsito nessas cidades.

A quantidade de veículos cresceu 94% nos últimos dez anos nesses municípios. Hoje, são 434 mil veículos. Especialistas em transportes consultados pelo Estado consideram essa oferta de vagas para veículos nos novos empreendimentos forte incentivo ao uso do transporte individual e dizem que a infraestrutura não evoluiu no mesmo ritmo.

Santos, que tem área menor que a abrangida pela Subprefeitura da Lapa, em São Paulo, surfa na onda do pré-sal e tem vários lançamentos de prédios de mais de 30 andares e seis vagas na garagem por unidade. É a cidade que mais ganha vagas – 3.403 neste ano, segundo a empresa de consultoria Geoimovel.

Mas para usufruir desse crescimento é preciso primeiro conseguir entrar na cidade. A chegada pela Rodovia Anchieta trava na hora do rush e especialmente em época de safra, por causa da grande quantidade de caminhões. Para ir do centro à praia, a reportagem levou 30 minutos ao longo dos 3 km da Avenida Conselheiro Nébias, às 19h de quinta-feira. Normalmente, o trajeto é feito em dez minutos. O fluxo na avenida da praia também para no limite com São Vicente.As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Continua após a publicidade
Publicidade