Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Delação da Odebrecht: descubra de quem é o apelido

“Lindinho”, “Caranguejo” e “Índio” são só alguns dos codinomes utilizados para fazer referência aos beneficiários das propinas da empresa. Confira outros

O ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), determinou na última terça-feira o fim do sigilo de 76 inquéritos com base nas delações de executivos da Odebrecht. No alvo das investigações, nove ministros do governo Michel Temer (PMDB), 28 senadores e 42 deputados federais. Um dos delatores, o ex-diretor de Relações Institucionais da empreiteira Claudio Melo Filho relacionou dezenas de políticos aos apelidos usados pela empresa para encobrir os beneficiários dos repasses. “Lindinho”, “Caranguejo” e “Índio” são alguns deles.

Confira outros apelidos na lista de Fachin e descubra quem são seus donos, segundo a delação:

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Breno Diniz Lima

    Quem colocava os apelidos é um sujeito muito criativo.

    Curtir

  2. Gostei do “conquistador” que dá lírio; o “boca mole” caiu como luvas; o “angorá”, branquinho como um; porém, a “coxa”, ficaria melhor como rainha dos mortadelas. Rs humor negro.

    Curtir

  3. Faltou o principal “AMIGO”…mas imagina que a Veja iria expor seu protegido…Nem Pensar….

    Curtir