Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Delação da Odebrecht: descubra de quem é o apelido

“Lindinho”, “Caranguejo” e “Índio” são só alguns dos codinomes utilizados para fazer referência aos beneficiários das propinas da empresa. Confira outros

Por Da redação 14 abr 2017, 17h12

O ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), determinou na última terça-feira o fim do sigilo de 76 inquéritos com base nas delações de executivos da Odebrecht. No alvo das investigações, nove ministros do governo Michel Temer (PMDB), 28 senadores e 42 deputados federais. Um dos delatores, o ex-diretor de Relações Institucionais da empreiteira Claudio Melo Filho relacionou dezenas de políticos aos apelidos usados pela empresa para encobrir os beneficiários dos repasses. “Lindinho”, “Caranguejo” e “Índio” são alguns deles.

Confira outros apelidos na lista de Fachin e descubra quem são seus donos, segundo a delação:

Continua após a publicidade

Publicidade