Clique e assine a partir de 8,90/mês

Conselho de Direitos Humanos discutirá violência em Gaza

26 países apoiaram a realização do debate sobre a morte de 60 palestinos pelas forças de Israel

Por Da Redação - 16 Maio 2018, 13h31

O Conselho de Direitos Humanos da ONU convocou uma sessão urgente para esta sexta-feira (18) com o objetivo de debater sobre as ações possíveis diante da onda de violência no território palestino da Faixa de Gaza. A sessão foi solicitada pela Autoridade Palestina e Emirados Árabes Unidos, em nome dos países árabes, depois de 60 palestinos terem sido mortos por soldados israelenses em Gaza.

O pedido recebeu até agora o apoio de 26 países, dos quais 17 são membros do Conselho de Direitos Humanos e nove participam como observadores.  Com isso, conseguiu quorum para a realização do debate.

No início de março, os palestinos iniciaram em Gaza uma campanha de mobilizações, chamada Marcha do Retorno, para protestar contra a ocupação israelense e o bloqueio do território por parte do exército de Israel. Nos últimos dias, as manifestações tornaram-se mais intensas por causa das celebrações dos 70 anos de independência de Israel, considerada como Nakba (catástrofe), pelos palestinos.

A mudança da embaixada dos Estados Unidos de Tel Aviv para Jerusalém, na segunda-feira, agravou os protestos. O Exército israelense respondeu com disparos e gás lacrimogêneo contra os manifestantes. Houve 60 mortes e 2.700 feridos, segundo o Ministério de Saúde palestino.

 

Continua após a publicidade
Publicidade