Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Bruno vai ao fórum, tira foto com fã e diz que irá morar no Rio

Ex-goleiro, que diz ter proposta de nove clubes para voltar a jogar, se apresenta à Justiça para informar residência e cumprir imposição do STF ao soltá-lo

Em liberdade há seis dias, o ex-goleiro Bruno Fernandes, 32 anos, compareceu nesta quinta-feira ao fórum de Santa Luzia, na Grande Belo Horizonte, para informar que irá morar no Rio de Janeiro. Esta era a única exigência imposta pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello, que lhe concedeu habeas corpus no dia 24 de fevereiro. Condenado a 22 anos e três meses de prisão pelo assassinato da amante Eliza Samudio, Bruno ficou preso por seis anos e sete meses.

Ao chegar ao tribunal, Bruno posou sorridente para fotos com uma admiradora e não respondeu às perguntas dos jornalistas, que o esperavam na porta do fórum. Ele vestia a camiseta regata de uma organizada do Atlético-MG, a Galoucura – ele jogou no clube mineiro entre 2002 e 2006. O advogado Luan Veloso Coutinho afirmou que ele está de partida para o Rio, onde a sua atual esposa, Ingrid Calheiros, tem residência. Era no Rio que ele atuava como jogador, pelo Flamengo, em 2010, quando foi preso pelo crime.

Solto há menos de uma semana, nove clubes de futebol já manifestaram interesse em contratar o ex-jogador, segundo o advogado. Coutinho disse que as primeiras propostas vieram do Brasiliense, do Distrito Federal, e do Betinense, de Minas. A defesa de Bruno agora se prepara para defendê-lo no processo de pensão alimentícia e de reconhecimento de paternidade de Bruninho, o filho que supostamente ele teve com Eliza.

Ao deferir o habeas corpus, Marco Aurélio escreveu que “nada, absolutamente nada, justifica” a manutenção da prisão preventiva de Bruno, que havia sido decretada em 2010. O ministro cita o fato de ele ser réu primário e ter “bons antecedentes”. A decisão ainda precisa ser confirmada pelo plenário do STF. “O clamor social surge como elemento neutro, insuficiente a respaldar a preventiva”, escreveu Marco Aurélio. O pedido de habeas corpus de Bruno estava nas mãos do ministro Teori Zavascki, morto em um desastre aéreo em janeiro deste ano, e foi distribuído para Marco Aurélio após o incidente.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Samanda Martins

    Com certeza essa aí recebi algumas notinhas ou até mesmo só uma para tirar fotos. Muitos vendem seus votos no Brasil ela deve ter vendido a foto😠😠😠😠😠

    Curtir

  2. O povo adora um assassino. Fantástico.

    Curtir

  3. Rogério Ruminski

    A sordidez feminina é repugnante.

    Curtir

  4. No lugar de nos indignarmos com esse animal, o que tem que ser feito é pressionar os parlamentares para mudarem a lei e acabar com essa aberração do cara pegar 20 anos e ficar 6….Se pegou 20 anos tem que ficar 20 anos, nem um dia a menos…A lei é frouxa e precisa ser mudada.Não adianta revolta contra esse traste humano que não tem noção nem do que fala, quanto mais no comportamento.

    Curtir

  5. Ficou muito” legal” essa self com uma fã.

    Curtir

  6. Que falta nos faz um sistema como o Gulag…!!!

    Curtir

  7. Erenice Duca Barbosa Barbosa

    VAI BRASIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUU

    Curtir

  8. Antonio Geraldes

    Meu Deus do céu uma inversão de valores total……que país é este? Queria ver se ele tivesse matado a filha do Sr. Marco Aurélio…..

    Curtir

  9. Rodson Layne Luiz Barbosa

    Como é normal no Brasil, o criminoso está solto. Será que vai aparecer outra a fim de dar o golpe da barriga e arriscar a vida!?!?!?

    Curtir