Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Beltrame defende programas sociais para combater o crime

Secretário participa de distribuição de presentes para moradores de favelas na zona sul. Morros com UPPs terão distribuição de presentes no fim de semana

Em suas aparições públicas, o secretário de Segurança do Rio, José Mariano Beltrame, costuma falar de armas, munição de guerra, estratégia de tomada de territórios e de combate ao tráfico de drogas. Na manhã desta sexta-feira, no entanto, Beltrame abriu espaço na agenda para uma missão que, aparentemente, nada tem a ver com forças de segurança ou conflito armado. Só aparentemente. No alto dos morros da Babilônia e do Chapéu Mangueira, no Leme, na zona sul da cidade, Beltrame defendeu a assistência social o melhor caminho para a erradicação da criminalidade em áreas carentes.

“Eu acho que sem promoção social não se faz segurança pública. O motivo da insegurança foi exatamente a falta de ação social por parte do Estado durante anos. O que a gente quer é exatamente reverter esse paradigma”, completou.

No Morro da Babilônia, Beltrame reinaugurou a Praça Mestre Bebetinho, que foi reformada pela concessionária Metrô Rio. Em seguida, acompanhou a entrega de geladeiras para os moradores. A primeira a receber o eletrodoméstico foi Maria Nazareth de Paula Costa, de 65 anos, moradora há 48 anos na comunidade. “Eu agradeço primeiro a Deus, depois ao secretário. É o melhor presente de Natal que eu podia imaginar, a geladeira, essa praça nova onde os meus cinco netos podem brincar em paz agora”, disse a dona de casa.

Beltrame, chamado de ‘Papai Noel’, rejeitou o rótulo. “Eu não me sinto assim. Sinto apenas que sou um amigo dos moradores. A manifestação das pessoas só me leva para frente, cada vez mais para cima”.

A entrega dos novos refrigeradores com módulo econômico de energia faz parte do programa Comunidade Eficiente, iniciativa da Light (concessionária que administra o fornecimento de energia elétrica no Rio), que substitui geladeiras antigas em comunidades carentes do Rio para evitar o desperdício de energia.

Noel nas favelas – O Natal vai chegar mais cedo para os moradores das 13 favelas que têm Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs). A partir das 10h deste sábado, um Papai Noel vai distribui 23.000 presentes doados para crianças do Santa Marta, Cidade de Deus, Batan, Cantagalo, Andaraí, Turano, Borel, Salgueiro, Babilônia, Providência, Tabajaras, Formiga e Macacos.

No Complexo do Alemão, a programação é uma festa, também com presença de Papai Noel, com shows e apresentação da atriz Regina Casé. A inauguração da Árvore do Alemão será às 19h, ao lado a estação Morro do Adeus do teleférico, com direito a queima de fogos. A árvore, que terá 20 metros de altura e será revestida de telas de LED, é fruto de um projeto da ONG Afrorregae em parceria com o banco Santander. No dia 22, serão distribuídos 10.000 brinquedos.