Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Fabio Brucoli: interpretação exemplar de uma peça difícil de Bartók

Em 'Violino Solo', o músico paulista executa a sonata composta sob encomenda para o violinista Yehudi Menuhin com louvor

(Independente) Composta sob encomenda para o violinista Yehudi Menuhin, a Sonata para Violino Solo, do húngaro Béla Bartók, é um dos maiores testes para os instrumentistas do naipe de cordas. São tantos os desafios e mudanças de tom propostos por Bartók que o próprio compositor nutriu dúvidas se ela seria tocada a contento. Em seu primeiro disco-solo, o paulista Fabio Brucoli, integrante do grupo Aulustrio, executa a peça com louvor. Sua versão traz o virtuosismo exigido pela partitura em interpretação límpida e graciosa. O disco tem também obras do alemão Johann Sebastian Bach, do belga Eugène Ysaÿe e do brasileiro Olivier Toni.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s