Clique e assine a partir de 9,90/mês
VEJA Gente Por João Batista Jr. Notícias, bastidores e conversas de quem é assunto na cultura, na política, nos negócios e em outras rodas
Conteúdo para assinantes

Do funk ao pagode: Ludmilla envereda por outro gênero musical

Ela passou a ser agenciada por Renato Araújo, namorado de sua mãe e ex-segurança de Anitta

Por João Batista Jr. - Atualizado em 22 mar 2020, 15h04 - Publicado em 20 mar 2020, 06h00

No auge da carreira como funkeira, com 1,6 bilhão de visualizações de suas músicas no YouTube, Ludmilla decidiu inovar. Ela lança em abril um EP apenas com canções de pagode, que traz composições inéditas e algumas releituras. Não se trata de uma mudança definitiva de estilo. Ludmilla seguirá cantando funk. Mudança mesmo na carreira de Lud, como é conhecida, é que ela passou a ser agenciada por Renato Araújo, namorado de sua mãe e ex-segurança de Anitta – a artista, entretanto, diz que seu empresário continua sendo Alexandre Baptestini, da A3B.  Ludmilla é a artista negra brasileira com mais seguidores no Instagram: 20,9 milhões.

Publicado em VEJA de 25 de março de 2020, edição nº 2679

Publicidade