Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Reinaldo Azevedo Por Blog Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

Wikipedia, Chico Venâncio, “há”, “a” e ahhh…

Eita!!! Está faltando atenção a alguns leitores. Sabem aquele post sobre o tal Chico Venâncio, o “Diderot da Wikipedia”, o enciclopedista de texto semianalfabeto? Pois é… Transcrevi trecho de um post que ele publicou em seu blog e negritei os erros mais grosseiros. O pior deles era trocar “há” por “a” para indicar tempo decorrido. […]

Por Reinaldo Azevedo Atualizado em 31 jul 2020, 08h22 - Publicado em 17 jul 2012, 18h31

Eita!!! Está faltando atenção a alguns leitores.

Sabem aquele post sobre o tal Chico Venâncio, o “Diderot da Wikipedia”, o enciclopedista de texto semianalfabeto? Pois é… Transcrevi trecho de um post que ele publicou em seu blog e negritei os erros mais grosseiros. O pior deles era trocar “há” por “a” para indicar tempo decorrido. Vamos ler de novo trecho do que ele escreveu (em vermelho):

Não comentei o motivo que me retornou a escrever no blog no último post. Na terça-feira a noite recebi um email de uma repórter da Folha de São Paulo me pedindo uma entrevista sobre a Wikipédia. A última coisa que eu esperava é que fosse um pedido de reação ao incômodo de Gilmar Mendes com as minhas edições em seu artigo!

Devo afirmar de antemão que é claro que eu não gosto de Gilmar Mendes e o considero o pior ministro que o STF possui. Acredito que ele tornou profecia as palavras de Dalmo Dallari. Os mais atentos lembrarão que iniciei esse blog a pouco mais de um ano expondo motivos de porque acredito que Gilmar Mendes deva ser removido do STF.

Voltei
No post que escrevi, não comentei todos os erros. É evidente que aquele “a”  no primeiro parágrafo está assinalado porque falta o acento grave, indicador da crase. O erro que comentei no post original está no segundo parágrafo. Escreve Venâncio: “iniciei esse blog a pouco mais de um ano (…)”. Ele quis escrever “ pouco mais de um ano…”

No post anterior, trato da baixa qualidade do ensino universitário no país. Parece que Venâncio integra aquele grupo dos 38% de universitários que não são plenamente alfabetizados. No Brasil do lulo-petismo, no entanto, ele se tornou um enciclopedista…

ataque-a-gilmar-analfabetismo

Continua após a publicidade
Publicidade