Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Reinaldo Azevedo Por Blog Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

Recessão do ano que vem já começa a trajetória rumo à casa dos 3%

De acordo com o Boletim Focus, o IPCA deve encerrar 2015 em 10,38% —  há uma semana, era esperada inflação de 10,33%

Por Reinaldo Azevedo Atualizado em 30 jul 2020, 23h59 - Publicado em 30 nov 2015, 15h09

E a recessão do ano que vem já começou a sua trajetória rumo à casa dos 3%…

Os economistas consultados pelo Banco Central elevaram pela décima primeira vez consecutiva a previsão para a inflação deste ano. De acordo com o Boletim Focus, o IPCA deve encerrar 2015 em 10,38% —  há uma semana, era esperada inflação de 10,33%.

Para o ano que vem, a expectativa foi mantida igual à da semana passada, a 6,64%, acima do teto da meta do governo, de 6,5%. Os números ruins não param por aí. A estimativa de contração do PIB piorou tanto em 2015 como em 2016. Para este ano, a previsão do mercado passou de menos 3,15% para menos 3,19%. Já para o que vem, a expectativa foi de menos 2,01% para menos 2,04%.

O relatório não cita mais a previsão para a Selic deste ano, já que a última reunião do Copom de 2015 ocorreu na semana passada e manteve a taxa em 14,25%. Para o ano que vem, os analistas elevaram pela segunda semana seguida a expectativa, passando de 13,75% para 14,13%.

A taxa de câmbio esperada para 2015 e 2016 mudou em relação à pesquisa da semana passada. Os analistas acreditam que a moeda americana encerrará este ano a R$ 3,95. No ano que vem, o dólar deve ser vendido a R$ 4,20, segundo as estimativas.

Continua após a publicidade
Publicidade