Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Reinaldo Azevedo Por Blog Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

LEIAM ABAIXO

– Pelo direito de dizer “não”, de marchar na contramão; – Veja a programação do seminário do Instituto Millenium; – Lula assume o comando das articulações do PT para as disputas do ano que vem. Objetivo: caçar tucanos!; – Um crime contra a eficiência – Embrapa ameaça extinguir núcleo de gestão territorial e usuários protestam; […]

Por Reinaldo Azevedo Atualizado em 31 jul 2020, 12h34 - Publicado em 16 mar 2011, 06h03

Pelo direito de dizer “não”, de marchar na contramão;
Veja a programação do seminário do Instituto Millenium;
Lula assume o comando das articulações do PT para as disputas do ano que vem. Objetivo: caçar tucanos!;
Um crime contra a eficiência – Embrapa ameaça extinguir núcleo de gestão territorial e usuários protestam;
Irã reage às tropas sauditas no Bahrein;
Eita caso enroscado, não? PF pede para prorrogar inquérito do caso Erenice pela quarta vez!;
Uma notícia civilizadora – Morre em bombardeio chefão das Farc ligado aos cartéis mexicanos de cocaína;
Cuidado com uma contra-reforma eleitoral, reacionária!;
O PMDB de olho em Kátia Abreu;
O novo comando do DEM e o futuro;
Mais um incêndio no reator 4 da Usina de Fukushima;
Barros Munhoz é eleito presidente da Assembléia de SP com 92 dos 94 votos e se defende citando o Iluminismo e a Revolução Francesa;
Obama protagoniza no Oriente Médio um desastre político sem precedentes. Ou: Greta Garbo acabou na Cinelândia!;
Kadafi tomou também a estratégica cidade de Ajdabiya;
Cala a boca, Magda! Ministro do Trabalho especula sobre os benefícios que o Brasil terá com a tragédia japonesa!!!;
Assim não dá: “É uma rachadura? É um buraco? Não é nada? Isso não sabemos ainda”;
Cresce conflito no Bahrein; dois morrem em confrontos;
A energia nuclear, o apocalipse e a banalização da tragédia;
O tirano tira uma casquinha de uma das impotências ocidentais…;
Lá vêm as “conferências” da sociedade civil do PT! Agora no governo Dilma;
O mito em declínio na praça­

Publicidade