Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Dilma chama um movimento que pratica crimes de “democrático” e trata como criminosos os que saem às ruas para cobrar decência

A presidente Dilma Rousseff foi nesta sexta a um assentamento do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra), em Eldorado do Sul, na região metropolitana de Porto Alegre, para participar da abertura da colheita de arroz ecológico. E ouviu uma aulinha de política do professor João Pedro Stédile. O professor João Pedro Stédile é aquele que […]

A presidente Dilma Rousseff foi nesta sexta a um assentamento do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra), em Eldorado do Sul, na região metropolitana de Porto Alegre, para participar da abertura da colheita de arroz ecológico. E ouviu uma aulinha de política do professor João Pedro Stédile.

O professor João Pedro Stédile é aquele que prometeu pôr seu “exército” a serviço da preservação do mandato de Dilma. O professor João Pedro Stédile é aquele que, há poucos dias, saudou um ato de terrorismo praticado por seus soldados mulheres, que invadiram um laboratório de pesquisas e destruíram mudas de eucalipto transgênico. O professor João Pedro Stédile é aquele que promove, com alguma frequência, bloqueio de estradas e que lidera, do gabinete, a indústria de invasão de propriedades rurais.

Se alguém ainda não entendeu, escrevo de outro modo, por meio de indagações. Se Dilma pode ir a um evento de um grupo cujos membros cometem crimes em penca — e o fazem de modo que não possam ser responsabilizados por isso —, com que outras forças criminosas também poderia se encontrar para demonstrar que gosta do diálogo? Se trabalhadores ditos “sem terra” têm licença para depredar laboratórios, que tipo de crimes seriam tolerados de trabalhadores com terra, presidente?

É, senhoras e senhores! Dilma não foi ao evento apenas para prestigiar o MST. Teve de ouvir um pito de Stédile, que cobrou humildade dos ministros. Mais do que isso: reivindicou que Joaquim Levy vá discutir as medidas fiscais com o MST. Acusou ainda o ajuste em curso de prejudicar programas sociais. Falou por 19 minutos. Dilma discursou por 33. Defendeu as medidas na área econômica, afirmou que não pode governar com os olhos de um “movimento social” e negou que os mais pobres estejam sendo prejudicados. A presidente, em suma, se justificava diante de Sua Excelência João Pedro Stédile.

Retrato, até aqui, como diria a poeta Cecília Meireles, “o patético momento” de Dilma. A coisa iria piorar muito, caminhando para o grotesco. Em entrevista depois da solenidade, afirmou a presidente:
“Acho absolutamente democrática a crítica dele. Agora, entre a crítica ser democrática e a gente aceitar a crítica, tem uma pequena distância”.

A presidente já tinha percorrido uma boa parte da trilha do erro. Poderia ter parado por aí. Mas, quando se é Dilma, sempre se dá mais um passo depois de chegar ao limite. Resolveu atacar a oposição, aqueles que seriam partidários do “quanto pior, melhor”. Mandou bala: “Tem gente no Brasil que aposta no quanto pior, melhor. São os chamados pescadores de águas turvas. O que querem não me interessa. O fato é que apostam contra o Brasil. Você não pode apostar contra o seu país”.

Dilma tem, agora, a obrigação de dizer quem aposta no quanto pior, melhor. Dilma tem agora a obrigação de dizer quem aposta contra o Brasil. Dilma tem agora a obrigação de dizer quem é o pescador de águas turvas.

Eu vou dizer por que o governo está perdido. Se a presidente tivesse ido à Avenida Paulista no domingo — ou a qualquer outra das mais de 200 cidades onde houve protesto —, não teria conseguido discursar. Nesta sexta, no assentamento do MST, ela foi aplaudida. Nas ruas, estavam pessoas comuns, que trabalham, que arrecadam impostos, que não praticam crimes, que não recorrem à violência. No assentamento do MST, os invasores contumazes de propriedade alheia e defensores de atos terroristas contra laboratórios de pesquisa. Não obstante, Dilma associa os que protestam ao “quanto pior, melhor” e deixa claro que não se interessa por aquilo que querem. Mas chama Stédile e sua turma de democratas.

Em larga medida, e ainda voltarei a este ponto em outros textos, Dilma lembra certo presidente chamado João Goulart: é fraca, atrapalhada, mal cercada e permite que o baguncismo se infiltre no governo. Felizmente, é outro o espírito do tempo, sem a crispação ideológica daqueles dias. E outra também é a consciência das Forças Armadas. Não querem ser governo e, por determinação constitucional, são garantidoras últimas da legalidade e na normalidade constitucional. Mais: ainda que os companheiros tenham tentado, não conseguiram quebrar as pernas das instituições.

O Brasil seguirá na trilha democrática, qualquer que seja o desfecho da gestão Dilma. Não porque eles queiram. Mas porque nós queremos.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Comentado por:

    Luivinnáfu

    Hic! Cumpanhêruffff,
    êu eztôul cunvemssidu di quê u inzéssitu du cumpanhêru-jeneraul Estédile é u maió iu mió imzéssitu da estóra repubricana cum limão deçe paiz. Hic! U quê? Currupiçãum na Petobráiz? Num diga, cumpanhêru.. Eu numca nêim çabia…
    Hic!

    Curtir

  2. Comentado por:

    Consciência Infernal

    Boa tarde Senhor Reinaldo!
    Com sua permissão gostaria de publicar um e-mail que recebi
    Segue abaixo:
    Alerta dos militares à Nação
    *GENERAL DE EXERCITO PEDRO LUIS DE ARAÚJO BRAGA.
    *A quase impossibilidade de tirar o PT do poder seja por eleições livres, mas
    viciadas pela prática de estelionatos eleitorais e fraudes, seja por
    um golpe contra o país lançado pelas forças paramilitares a serviço de
    um projeto de poder comunista, o clima de uma guerra civil está cada
    vez mais se afirmando como única saída para livrar nosso país de ser
    transformado em uma Cuba Continental.
    A qualquer momento os efeitos sobre a caserna da overdose da covardia,
    da cumplicidade e da omissão que domina o comportamento apátrida de
    uma minoria de comandantes, militares – lacaios dos comunistas –
    poderá acabar, pela reação coletiva dos contrários, provocando uma
    intervenção militar muito mais grave do que a ocorrida em 1964, e
    colocando todos os corruptos genocidas diante de um Tribunal de Guerra
    para responderem diante da sociedade por todos os milhões de cidadãos
    assassinados por desgovernos traidores do país e
    mentores da Fraude da Abertura Democrática.
    Os desgovernos do PT demonstraram e continuam demonstrando,
    diariamente, sua incapacidade de ter a auto crítica necessária para
    perceber ou aceitar seus erros como indicativos da péssima
    administração pública que têm exercido durante os últimos 12 anos.
    Com o assistencialismo comprador de votos, e com a corrupção e o
    suborno de milhares de canalhas esclarecidos, os donos do poder acham
    que tudo está dominado e que não têm mais que dar satisfações a
    ninguém quando são criticados por suas atitudes, a não ser as
    costumeiras e deslavadas mentiras, leviandades, falsidades e
    hipocrisias que não enganam a mais ninguém.
    As ameaças e ações punitivas contra militares da ativa e da reserva
    que estão se posicionando contra a destruição das FFAA e contra a
    comunização do país e sua degeneração social e econômica pelo projeto
    de poder do PT, gestado nas reuniões do Foro de SP, estão perdendo o
    limite, no mínimo, do bom senso.
    Depois de semear durante os três últimos anos um inaceitável conflito
    de classes sociais, o desgoverno Dilma procura, insistentemente,
    demonstrar que não tem mais nada a perder, quando continua perseguindo
    sistematicamente as FFAA em ações diretas contra os que se colocam
    como críticos dos atos de um desgoverno que está jogando o país na
    ladeira de se transformar em uma Cuba Continental.
    Por outro lado a sociedade vem sendo tratada como idiota, imbecil e
    palhaça do Circo da Corrupção que se instaurou no país durante a
    Fraude da Abertura Democrática.
    As posturas da presidenta e seus lacaios significam interpretar que a
    calmaria da covardia e da omissão de alguns comandantes pode ser o
    qualificativo de toda a caserna.
    Até quando esses canalhas traidores do país acham que o genocídio de
    milhares de pessoas inocentes como resultado do bilionário roubo do
    dinheiro público, a transformação do poder público em um Covil de
    Bandidos e de porcos comunistas, e o país em um Paraíso de Patifes,
    continuarão sendo aceitas por uma caserna, por enquanto defensora da
    disciplina militar em relação aos atos de desgovernos que estão destruindo o país?
    Uma minoria de comandantes militares, lacaios de levante comunista que
    está tomando conta do país, não será capaz de segurar uma revolta
    latente que já se instaurou nos ambientes dos quartéis, pois todos os
    militares e superiores imediatos estão sendo testemunhas do
    assassinato de milhares de civis todos os anos como consequência do
    roubo do dinheiro público. Todos esses também têm filhos e famílias
    que estão na fronteira de se tornarem lacaios de uma Cuba Continental.
    A qualquer momento as parcelas das FFAA não subservientes a bandidos,
    as polícias civis e militares, e a Polícia Federal, assumirão a
    consciência de que estão sendo feitas cúmplices do assassinato de
    milhares de cidadãos todos os anos pela obediência a um sistema de
    governo absolutamente corrompido e criminoso em todas as suas instâncias.
    O resultado será um conflito armado com as forças leais ao desgoverno
    petista e seus cúmplices que, ao contrário do que pensam, serão
    mortalmente derrotadas, pois as armas necessárias para combater os
    inimigos de nossa pátria aparecerão, e a revolta se fará presente em
    uma guerra civil de absoluta responsabilidade do PT, que plantou
    durante décadas as sementes de um conflito civil-militar armado no país.
    Que o submundo do PT continue tentado destruir as FFAA e chamando os
    comandantes militares de comandantes de merda. O preço a pagar por
    tanto atrevimento comunista se aproxima de ser pago.
    De qualquer forma, pela insistência de muitos, estamos ainda
    procurando acreditar que a traição militar ao país se situe apenas no
    círculo de comandantes militares omissos, covardes e cúmplices e não
    em um comportamento coletivo da caserna.
    GENERAL DE EXERCITO PEDRO LUIS DE ARAUJO BRAGA
    Este é um alerta à nação brasileira, assinado por homens cuja
    existência foi marcada por servir à pátria, tendo como guia o seu
    juramento de por ela, se preciso for, dar a própria vida. São homens
    que representam o exército das gerações passadas e são os responsáveis
    pelos fundamentos em que se alicerça o exército do presente.
    Assinam, abaixo, os oficiais generais por ordem de antiguidade e
    demais militares e civis por ordem de adesão.
    Oficiais Generais
    1 – Gen Ex Pedro Luiz de Araujo Braga
    2 – Gen Ex Angelo Baratta Filho
    3- Gen Ex Luiz Guilherme de Freitas Coutinho
    4 – Gen Ex José Carlos Leite Filho
    5 – Gen Ex Domingos Miguel Antônio Gazzineo
    6 – Gen Ex José Luis Lopes da Silva
    7 – Gen Ex Luiz De Góis Nogueira Filho
    8 – Gen Ex Valdésio Guilherme de Figueiredo
    9 – Gen Ex Gilberto Barbosa de Figueiredo
    10 – Gen Ex Luiz Edmundo Maia de Carvalho
    11 – Gen Ex Antônio Araújo de Medeiros
    12 – Ten Brig Ar (Refm) Ivan Frota
    13 – Gen Ex Domingos Carlos Campos Curado
    14 – Gen Ex Ivan de Mendonça Bastos
    15 – Gen Ex Rui Alves Catão
    16 – Desembargador do Tribunal de Justiça/RJ Bernardo Moreira Garcez
    Neto
    17 – Gen Ex Cláudio Barbosa de Figueiredo
    18- Gen Ex Carlos Alberto Pinto Silva
    19 – Gen Ex Luiz Cesário da Silveira Filho
    20 – Gen Ex Maynard Marques de Santa Rosa
    21- Gen Div Francisco Batista Torres de Melo
    22 – Gen Div Amaury Sá Freire de Lima
    23 – Gen Div Leone da Silveira Lee
    24 – Gen Div Cássio Rodrigues da Cunha
    25 – Gen Div Aloísio Rodrigues dos Santos
    26 – Gen Div Robero Viana Maciel dos Santos
    27 – Gen Div Marcio Rosendo de Melo
    28 – Gen Div Luiz Carlos Minussi
    29 – Gen Div Gilberto Rodrigues Pimentel
    30 – Gen Div Ulisses Lisboa Perazzo Lannes
    31 – Gen Div Luiz Wilson Marques Daudt
    32 – Maj Brig Ar Edilberto Telles Shirotheau Corrêa
    33 – Maj- Brig do Ar Cezar Ney Britto de Mello
    34 – Maj Brig Ar Irineu Rodrigues Neto
    35 – Maj Brig Ademir Siqueira Viana
    36 – Ge n Div Clóvis Puper Bandeira
    37 – Gen Div Roberto Schifer Bernadi
    38- Gen Div Remy de Almeida Escalante
    39 – Gen Div Sérgio Ruschell Berganaschi
    40 – Gen Div Sérgio Pedro Coelho Lima
    41- Gen Bda Rui Leal Campello – Detentor do Bastão da FEB
    42 – Brig Ar Leci Oliveira Peres
    43 – Gen Bda Dickens Ferraz
    44 – Gen Bda Paulo Ricardo Naumann
    45 – Gen Bda Gilberto Serra
    46 – Gen Bda Aricildes de Moraes Motta
    47 – Gen Bda Durval A. M. P. de Andrade Nery
    48 – Gen Bda Carlos Augusto Fernandes dos Santos
    49 – Gen Bda Miguel Monori Filho
    50 – Gen Bda Iberê Mariano da Silva
    51 – Gen Bda Eduardo Cunha da Cunha
    52 – Gen Bda Tirteu Frota
    53 – Gen Bda César Augusto Nicodemus de Souza
    54 – Gen Bda Geraldo Luiz Nery da Silva
    55 – Gen Bda Marco Antonio Felício da Silva
    56 – Gen Bda Newton Mousinho de Albuquerque
    57 – Gen Bda Paulo César Lima de Siqueira
    58 – Gen Bda Marco Antonio Tilscher Saraiva
    59 – Gen Bda Manoel Theóphilo Gaspar de Oliveira
    60 – Gen Bda Hamilton Bonat
    61 – Gen Bda Elieser Girão Monteiro
    62 – Gen Bda Pedro Fernando Malta
    63 – Gen Bda Mauro Patrício Barroso
    64 – Gen Bda Marcos Miranda Guimarães
    65 – Gen Bda Zamir Meis Veloso
    66 – Gen Bda Valmir Fonseca Azevedo
    67 – Gen Bda Marco Antônio Sávio Costa
    68 – Brig.Ar Sérgio Luiz Millon
    69 – Gen Bda Carlos Eduardo Jansen
    70 – Gen Bda Mario Monteiro Muzzi
    71 – Gen Bda Paulo Roberto Correa Assis
    72- Gen Bda Iram Carvalho
    73 – Brig Ar Danilo Paiva Alvares
    74- Gen Bda Jos´e Alberto Leal
    75 – Gen Bda José Luiz Gameiro Sarahyba
    76 – Gen Brig Ar – Guido de Resende Souza
    77 – Gen Bda Sady Guilherme Schmidt
    78 – Contra- Alm Med Luiz Roberto Matias Dias
    Oficiais Superiores
    1- Cel Jarbas Gonçalves Passarinho
    2 – Cel Carlos de Souza Scheliga
    3 – Cel Carlos Alberto Brilhante Ustra
    4 – Cel Ronaldo Pêcego de Morais Coutinho
    5 – Capitão-de-Mar-e-Guerra Joannis Cristino Roidis
    6 – Cel Celso Seixas Marques Ferreira
    7 – Cel Pedro Moezia de Lima
    8 – Cel Cláudio Miguez
    9 – Cel Yvo Salvany
    10 – Cel Ernesto Caruso
    11 – Cel Juvêncio Saldanha Lemos
    12 – Cel Paulo Ricardo Paiva
    13 – Cel Raul Borges
    14 – Cel Rubens Del Nero
    15 – Cel Ronaldo Pimenta Carvalho
    16 – Cel Jarbas Guimarães Pontes
    17 – Cel Miguel Netto Armando
    18 – Cel Florimar Ferreira Coutinho
    19 – Cel Av Julio Cesar de Oliveira Medeiros
    20 – Cel.Av.Luís Mauro Ferreira Gomes
    21 – Cel Carlos Rodolfo Bopp
    22 – Cel Nilton Correa Lampert
    23 – Cel Horacio de Godoy
    24 – Cel Manuel Joaquim de Araujo Goes
    25 – Cel Luiz Veríssimo de Castro
    26 – Cel Sergio Marinho de Carvalho
    27 – Cel Antenor dos Santos Oliveira
    28 – Cel Josã de Mattos Medeiros
    29 – Cel Mario Monteiro Campos
    30 – Cel Armando Binari Wyatt
    31 – Cel Antonio Osvaldo Silvano
    32 – Cel Alédio P. Fernandes
    33 – Cel Francisco Zacarias
    34 – Cel Paulo Baciuk
    35 – Cel Julio da Cunha Fournier
    36 – Cel Arnaldo N. Fleury Curado
    37 – Cel Walter de Campos
    38 – Cel Silvério Mendes
    39 – Cel Luiz Carvalho Silva
    40 – Cel Reynaldo De Biasi Silva Rocha
    41 – Cel Wadir Abbês
    42 – Cel Flavio Bisch Fabres
    43 – Cel Flavio Acauan Souto
    44 – Cel Luiz Carlos Fortes Bustamante Sá
    45 – Cel Plotino Ladeira da Matta
    46 – Cel Jacob Cesar Ribas Filho
    47 – Cel Murilo Silva de Souza
    48 – Cel Gilson Fernandes
    49 – Cel José Leopoldino e Silva
    50 – Cel Pedro Carlos Pires de Camargo
    51 – Cel Antonio Medina Filho
    52 – Cel José Eymard Bonfim Borges
    53 – Cel Dirceu Wolmann Junior
    54 – Cel Sérgio Lobo Rodrigues
    55 – Cel Jones Amaral
    56 – Cel Moacyr Mansur de Carvalho
    57 – Cel Waine Canto
    58 – Cel Moacyr Guimarães de Oliveira
    59 – Cel Paulo Carvalho Espindola
    60 – Cel Nelson Henrique Bonança de Almeida
    61 – Cel Roberto Fonseca
    62 – Cel Jose Antonio Barbosa
    63 – Cel Jomar Mendonça
    64 – Cel Carlos Sergio Maia Mondaini
    65 – Cel Nilo Cardoso Daltro
    66 – Cel Vicente Deo
    67 – Cel Av Milton Mauro Mallet Aleixo
    68 – Cel José Roberto Marques Frazão
    69 – Cel Brigido Montarroyos Leite
    70 – Cel Flavio Andre Teixeira
    71 – Cel Jorge Luiz Kormann
    72 – Cel Aluísio Madruga de Moura e Souza
    73 – Cel Aer Edno Marcolino
    74 – Cel Paulo Cesar Romero Castelo Branco
    75 – Cel Carlos Leger Sherman Palmer
    76 – Cel Gilberto Guedes Pereira
    77 – Cel Carlos da Rocha Torres
    78 – Cel Paulo Soares dos Santos
    79 – Cel Mário Luiz de Oliveira
    80 – Cel Wilson Musco
    81 – Cel Luiz Fontoura de Oliveira Reis
    82 – Cel Rubens Reinaldo Santanaf
    83 – Cel Arthur Paulino Tapajoz de Souza
    84 – Cel Josimar Gonçalves Bezerra
    85 – Cel Affonso Correa de Araújo
    86 – Cel Era Derli Stopato da Fonseca
    87 – Cel Elmio David Dansa de Franco
    88 – Cel Antonio Carlos Pinheiro
    89 – Cel Av Silvio Brasil Gadelha
    89 – Cel Av Sílvio Barreto Viana
    90 – Cel Jorge Caetano Souza do Nascimento
    91 – Cel Sérgio Augusto Machado Cambraia
    92 – Cel Manoel Soriano Neto
    93 – Cel Nelson Roque Vaz Musa
    94 – Cel Rubens Vaz da Cunha
    95 – Cel Mário Muzzi
    96 – Cel Luiz Caramuru Xavier
    97 – Cel Av Valdir Eliseu Soldatelli
    98 – CMG (FN) Guilherme Gonzaga
    99 – CMG Cesar Augusto Santos Azevedo
    100 – Cel José Alberto Neves Tavares da Silva
    101 – Cel Pedro Figueira Santos
    102 – Cel Respício Antonio do Espírito Santos
    103 – Cel Av Silvio da Gama Barreto Viana
    104 – Cel Djair Braga Maranhoto
    105 – Cel Airton Alcântara Gomes
    106 – Cel Arcanjo Miguel Vanzan
    107 – CMG Francisco Heráclio Maia do Carmo
    108 – Cel Ary Vieira Costa
    109 – Cel Ricardo Perera de Miranda
    110 – CMG Edmundo Amaral Baptista
    111 – Cel Nicolau Loureiro Neto
    112 – Cel AV Sérgio Ivan Pereira
    113 – CMG Geraldo da Fonseca
    114 – Cel Nelsimar Moura Vandelli
    115 – Cel Cesar Augusto de Jesus Magalhães
    116 – Cel Rogério Oliveira da Cunha
    117 – Cel José Augusto de Castro Neto
    118 – Cel Benedito Luiz Longhi
    119 – CMG Rogério Ferreira Esteves
    120 – Cel Albérico da Conceição Andrade
    121 – Cel Orlando Galvão Canário
    122 – Cel AV José Alfredo de Tolosa Andrade
    123 – Cel Pedro Arnóbio de Medeiros
    124 – Cel Sérgio dos Santos Lima
    125 – Cel Cezar Nunes de Araújo
    126 – Cel Ivan Fontelles
    127 – Cel Paulo Soares de Souza
    128 – Cel Renato Brilhante Ustra
    129 – Cel Ariel Rocha de Cunto
    130 – Cel Rui Pinheiro Silva
    131 – Cel Milton Moraes Sarmento
    132 – Cel Paulo Sérgio da Silva Maia
    133 – Cel Ney de Oliveira Waszak
    134 – Valneir deMesquita Nobre
    135 – Cel Abilio Ramos Pimenta
    SE VOCÊ NÃO QUER O COMUNISMO OU O SOCIALISMO NO BRASIL, REPASSE ESTE
    E-MAIL PARA O MAIOR NÚMERO POSSÍVEL DE PESSOAS, PARENTES, AMIGOS,
    CONHECIDOS OU ATÉ MESMO PESSOAS QUE VOCÊ SÓ TEM O ENDEREÇO DE E-MAIL.
    VEJA BEM, OU TENTAMOS ACABAR COM ISSO, OU SERÁ TARDE, DEPOIS QUE ELES
    CONSEGUIREM MONTAR O ESQUEMA DELES.

    Curtir

  3. Comentado por:

    excêntrico

    A história dessa senhora é intrigante, querem contar a história de alguém vivo. Eu acho que a comissão da verdade é para dar força a uma invenção política.

    Curtir

  4. Comentado por:

    Lamaçal

    Empresas são penalizadas por doações a partidos: e os bancos por onde passam o dinheiro sujo? E os partidos continuam na santidade do altar da Impunidade? Incoerencia: Nunca sabe de nada , não vê nada, mas atua pelo poder!!!
    http://www1.folha.uol.com.br/poder/2015/03/1606349-lula-passa-a-orientar-bancada-petista.shtml

    Curtir

  5. Comentado por:

    Caetano Fertrin Neto

    De conversas, descobertas e mais descobertas de falcatruas, corrupção, crimes, claras intenções criminosas, discursos com insultos ä população brasileira já estamos cheios e revoltados. Pergunto o que mais precisa para se tomar uma atitude e dar um basta? São tão fortes assim, tão privilegiados assim pela Lei. A Constituição só vale para eles que estão no poder ??? Cabe a população somente a obrigação de pagar impostos e sofrer as consequências de todo esse descalabro ? Até onde vamos com tudo isso, daqui a pouco não haverá mais tempo para nada !!! Não é possível que não exista nada que se possa fazer !?!?

    Curtir

  6. Comentado por:

    A RAINHA sem JUIZO=contra a Democracia /// , vai ser maior o CORO DOS MILHOES

    Cada dia q passa…
    + eles CAEM = a DECADENCIA de DILMA e PT,…,
    e corre o risco de levar pro BURACO a DEMOCRACIA desta NAÇÃO junto !

    Você vai esperar dos Juízes desonestos ? do MPF desonesto ? pra prender esses desordeiros da DEMOCRACIA da NAÇÃO? (são criminosos + que DECLARADOS) tem até vídeo querem “TOMAR o BRASIL junto COM MADURO / LULA / DIMA “…. KKKK a nossa justiça é ridícula !!!!

    Que DEUS / JESUS tenha misericórdia de nós, nos livre DESTE MAL, perdoe nossos pecados, nos dê sabedoria, e conhecimento.

    SALVE NOSSA DEMOCRACIA !
    12/04/2015! FORA PT! FORA DILMA! antes q seja tarde de + !

    Não deixe o BRASIL Sangrar!, isso é Covardia!

    Curtir

  7. Comentado por:

    Faria

    Acorda Reinaldo,
    Lula esta se apropriando do discurso da oposição. Na pior hipótese, ele disse para ela fazer o certo. O POVO vai acreditar…

    Curtir

  8. Comentado por:

    pedro

    Cirurgião plástico “tenta” dar um ar menos autoritário, levantando a boca e “botoxando” a testa…
    Mas a “face totalitária está na alma: ela é vermelha!”
    Marqueteiro tenta mudar cenário e faz fundo verde e amarelo…
    Estilista pessoal, tenta vestir o azul, mas não lhe cai bem!
    Melhor cairía um uniforme feito na China!
    O cenário, maquia a mensagem…
    A plástica disfarça a cara perversa…
    Mas as rugas da alma, sempre serão visíveis, pq as expressões faciais nunca enganam, e revelam o inconsciente cheio de ódio!
    Pode pintar e bordar, encenar,” plasticar”, maquiar e “botoxar” , mas não existe plástica para o caráter.
    Pq o hálito fétido, vem do fundo do coração raivoso que se diz valente, mas é cheio de vingança e ódio ao povo que paga muito caro por seus mal feitos.

    Curtir

  9. Comentado por:

    Debora

    É louca?

    Curtir

  10. Comentado por:

    N. Claudio

    Muitos inteligentinhos e os moderninhos adoraram saber que o MST produz o tal arroz orgânico ou ecológico. Esquecem que não passa de um engodo para justificar que os assentamentos não produtivos ou melhor, competitivos. Agora vem com essa conversa de “orgânicos” para que venha o Estado e custe-lhe a produção a sei lá que valor.
    Lembro que uma vez uma moça que trabalhava em loja de insumos agrícolas de Igarapé/MG me relatou que os tais agricultores de orgânicos vinham a loja e discretamente compravam defensivos químicos mesmo para sua lavoura. Quem garante que o MST é verdadeiramente ecológico?

    Curtir