Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Reinaldo Azevedo Por Blog Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

Correção – Craniectomia. Ou: “Pô, cara! É muito ‘loco’!”

Eu gosto de precisão, especialmente em matéria de opinião. Eu havia dito num post abaixo que a cirurgia a que fui submetido em 2006 se chamava “craniostomia”. Não poderia ser porque isso nem existe. Meti, sem querer, um “s” indevido na palavra. O nome correto, fosse essa a cirurgia, é “craniotomia”. Mas está errado. Eu […]

Por Reinaldo Azevedo Atualizado em 31 jul 2020, 07h17 - Publicado em 4 dez 2012, 22h12

Eu gosto de precisão, especialmente em matéria de opinião. Eu havia dito num post abaixo que a cirurgia a que fui submetido em 2006 se chamava “craniostomia”. Não poderia ser porque isso nem existe. Meti, sem querer, um “s” indevido na palavra. O nome correto, fosse essa a cirurgia, é “craniotomia”. Mas está errado. Eu passei por uma “craniectomia”, que consiste na extirpação de parte do crânio. Aquele cara que virou blogueiro do Lula diria que não fumar maconha dá nisso… Prometo não começar. Já estou velho pra isso, né? Véio maconheiro é uma coisa muito triste – sem querer ferir sensibilidades, é claro! Até porque não se deve escrever “maconheiro”, mas “consumidor de substâncias consideradas ilícitas”… Eu, hein!? Será que isso dá barato? Os véio macoheiros poderiam começar a consumir Stendhal, Flaubert, Musil… “Pô, cara!, é muito loco!”

Ainda se diz “é muito loco”??

Ah, as desventuras de um homem inatual!!! 

Publicidade