Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Reinaldo Azevedo Por Blog Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

Canivete no cordão umbilical e download do divino

Ah, não! De novo, não! É preciso ater-se ao que está escrito. Quanto me referi ao “tiozinho” da UNE é porque o rapaz tem quase 28 anos, comporta-se como um radicalóide de 17 – radical de uma entidade que recebe dinheiro público!!! – e dá mostras, parece-me, de ser estudante profissional. Está no seu terceiro […]

Por Reinaldo Azevedo Atualizado em 31 jul 2020, 16h19 - Publicado em 30 nov 2009, 18h02

Ah, não! De novo, não! É preciso ater-se ao que está escrito. Quanto me referi ao “tiozinho” da UNE é porque o rapaz tem quase 28 anos, comporta-se como um radicalóide de 17 – radical de uma entidade que recebe dinheiro público!!! – e dá mostras, parece-me, de ser estudante profissional. Está no seu terceiro curso universitário sem ter concluído, nem mesmo avançado, nos outros dois.

Não sou contra a que pessoas maduras estudem! Ao contrário. Eu mesmo, se ganhasse na mega-sena (precisaria jogar primeiro… risos), não faria nada mais além de estudar. Ok, um postezinho ou outro de vez em quando pra gente não perder o contato…

Há tanto por saber! Tudo o que não sei me deixa tão ansioso ainda hoje, aos 48. Não fui brindando com aquela humildade natural de Luiz Inácio Lula da Silva, que, mesmo tendo nascido de mãe que nascera analfabeta, já veio ao mundo sabendo tudo. Quando Dona Lindu/Glória Pires ergueu o rebento nos braços e proclamou “Serás Luiz Inácio, meu filho!”, ocorreu o download do divino.

Comigo não aconteceu dessa maneira e lastimo tudo o que não sei. Infelizmente. Nasci dentro de um automóvel, numa estrada de terra, no meio do mato, indo para a maternidade. No máximo, meu pai deve ter pensado, antes de cortar com o canivete de picar fumo de corda o cordão umbilical: “Diacho de moleque chato! Custava esperar mais meia hora!?”. Resultado: eu estava destinado a ter superego…

Estudem, senhoras e senhores! Em qualquer idade!

Continua após a publicidade

Publicidade