Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Reinaldo Azevedo Por Blog Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

Aécio: “O crime é crime na Internet, na máquina de escrever, na Petrobras ou num assalto a um carro na rua”

O PSDB decidiu entrar com uma representação do Tribunal Superior Eleitoral pedindo que o PT seja multado em razão da criação e administração de perfis em redes sociais que têm o objetivo de atacar o senador Aécio Neves (MG), pré-candidato do partido à Presidência. E por que os tucanos resolveram representar contra o PT? Porque […]

Por Reinaldo Azevedo Atualizado em 31 jul 2020, 03h47 - Publicado em 27 Maio 2014, 04h57
Aécio, pré-candidato do PSDB à Presidência:  descobrindo os difamadores

Aécio, pré-candidato do PSDB à Presidência: descobrindo os difamadores

O PSDB decidiu entrar com uma representação do Tribunal Superior Eleitoral pedindo que o PT seja multado em razão da criação e administração de perfis em redes sociais que têm o objetivo de atacar o senador Aécio Neves (MG), pré-candidato do partido à Presidência. E por que os tucanos resolveram representar contra o PT? Porque servidores e equipamentos da Prefeitura de Guarulhos, que está no 14º ano de gestão petista, foram usados para administrar e alimentar a página difamatória. Os tucanos também pedirão que Nataly Galdino Diniz, servidora citada como administradora do site, seja punida por improbidade administrativa.

Em nota, a Prefeitura de Guarulhos disse desconhecer o uso de seus equipamentos com fins eleitorais e afirmou que, a cada ano eleitoral, cria um grupo de trabalho para orientar seus servidores.

Entrevistei ontem à noite Aécio Neves para o programa os “Os Pingos no Is” (o áudio está aqui, a partir de 16min15s). Afirmou o senador: “Nós já vínhamos denunciado a tentativa, através da Internet, de os nossos adversários criarem denúncias, fantasias e ofensas em relação ao meu nome. Mas essa questão vem tomando uma gravidade maior, vem se avolumando. São robôs utilizados de forma criminosa para criar um falso debate. E agora os nossos advogados conseguiram provar que uma Prefeitura do PT, veja a gravidade disto!, ao invés de estar preparada para o bom debate, para discutir as suas ideias, para debater o que é importante para o Brasil, utiliza a máquina pública, funcionários públicos, para o cometimento de crimes. Porque isso é crime! E nós vamos tomar as medidas devidas para restabelecer o debate que o Brasil precisa ouvir”.

Perguntei ao senador se uma ação como a do PSDB não poderia ser vista por alguns como tentativa de censurar a Internet. Ele responde: “Absolutamente nenhuma! Aliás, os nossos adversários do PT é que, volta e meia, falam em censura. A Internet é um espaço democrático, transformou a nossa sociedade, e transformou para muito melhor. Agora, o crime é crime na Internet, na máquina de escrever, é crime na Petrobras, é crime quando alguém assalta um carro na rua. E, contra o crime, nós temos de nos levantar. Portanto, nós estamos identificando agora a origem, os instrumentos que são utilizados para o cometimento desses crimes, e não vamos aceitar passivamente a calúnia e a ofensa como arma eleitoral”.

Talleyrand, já citei aqui, afirmou sobre os Bourbons: “Eles não aprenderam nada nem esqueceram nada”. Quando petistas não estão criando dossiês falsos contra adversários — 2002, 2006, 2010… —, aparecem envolvidos nesse tipo de lambança. Fez muito bem Aécio em não deixar barato. E, como se sabe, a prática de recorrer à Internet par o serviço sujo não é estranha ao PT. Há dias, a Polícia Federal descobriu que militantes do partido estavam dirigindo ameaças de morte a Joaquim Barbosa nas redes sociais.

Coisas assim têm tanto a ver com a liberdade de expressão como o assassinato doloso, premeditado e qualificado tem a ver com a legítima defesa. Nada!!! Gente que pratica banditismo não quer se expressar, mas cometer crimes.

Continua após a publicidade
Publicidade