Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Temer parte para o ataque contra Alckmin; próximo alvo deve ser Haddad

Presidente pretende responder os ataques que vier a sofrer durante a campanha

Por Gabriel Mascarenhas - Atualizado em 5 set 2018, 23h33 - Publicado em 5 set 2018, 22h28

Michel Temer gravou um vídeo há pouco para espinafrar Geraldo Alckmin. As bordoadas palacianas irão além do tucano – e devem virar rotina.

O presidente quer repetir a estratégia desta noite e, ao longo da campanha, responder publicamente eventuais ataques disparados pelos presidenciáveis.

Neste momento, Temer e sua equipe estão analisando como rebater as pedradas atiradas por Fernando Haddad para, se tudo der certo, divulgar uma resposta ao petista na manhã desta quinta (06).

Confira abaixo o vídeo e trechos da fala de Temer:

Continua após a publicidade

“Geraldo Alckmin, candidato a presidente da República, eu me dirijo a você pelas falsidades que você tem colocado no seu programa eleitoral, e eu não posso silenciar em homenagem ao povo brasileiro. Você diz que a educação foi um desastre, mas você sabe quem foi o meu ministro da Educação? É o Mendonça Filho, que é do DEM, um partido que apoia a sua candidatura. E o Mendonça fez um belíssimo trabalho.”

“Eu me lembro, Geraldo, quando você, candidato a governador e a presidente, nas vezes em que eu te apoiei, eu acho que você era diferente. Não atenda o que dizem os seus marqueteiros, atenda apenas a verdade. E a verdade significa que nós fizemos muito por essas áreas, conduzidas por aqueles que hoje apoiam a sua candidatura.”

Publicidade