Clique e assine a partir de 8,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Senado aprova criação do Prêmio Chico Mendes de jornalismo

A cada ano serão escolhidas as três melhores matérias sobre meio ambiente.

Por Manoel Schlindwein - Atualizado em 6 out 2020, 19h05 - Publicado em 6 out 2020, 19h32

Em votação nesta terça-feira, o Senado aprovou a criação do Prêmio Chico Mendes de jornalismo, dedicado a agraciar matérias jornalísticas relevantes que contribuam para a proteção e preservação do meio ambiente.

A cada ano, o Prêmio Chico Mendes do Senado Federal contemplará três matérias jornalísticas. As indicações serão encaminhadas para a Comissão de Meio Ambiente, que divulgará as normas de inscrição. Um conselho será instituído para a escolha dos agraciados. A premiação, iniciativa do senador Fabiano Contarato (Rede-ES), ocorrerá durante a programação do Junho Verde.

Será uma premiação nos mesmos moldes do que ocorre com o Prêmio Bertha Lutz, no qual o Senado Federal reconhece, todos os anos, quem apoia a luta de direitos das mulheres.

“Nossa iniciativa pretende destacar e valorizar o imprescindível papel da imprensa na denúncia de crimes ambientais e na divulgação de informações de interesse público, exercendo seu papel fiscalizador junto ao poder público e de porta-voz da sociedade”, frisa Contarato.

Continua após a publicidade
Publicidade