Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

‘Repilo ofensa’, diz Toffoli a advogado em plena sessão do STF

'É um desrespeito o uso da tribuna da Corte Suprema para tratamentos desleais com a mais alta Corte do país', disse o magistrado

Por Robson Bonin Atualizado em 28 abr 2021, 20h04 - Publicado em 28 abr 2021, 20h02

O ministro Dias Toffoli deu um raro pito no advogado Otto Licks durante sessão do STF que julga a Ação de Inconstitucionalidade 5529, da PGR, que pede o fim da extensão automática do prazo das patentes nesta quarta.

Bastante irritado, Toffoli, que é relator da ação e que havia antecipado seu voto a favor da derrubada da prorrogação das patentes, disse que Licks agiu de forma desleal e ofendeu a Corte ao chamar de “modulação de alfaiataria” as tentativas de outras partes envolvidas no processo de aplicar a decisão de Toffoli dada no dia 7 de abril.

“Não posso deixar de repelir a ofensa trazida pelo dr. Otto Licks ao dizer em proposta de modulação de alfaiataria. É um desrespeito o uso da tribuna da Corte Suprema para tratamentos desleais com a mais alta corte do país”, afirmou Toffoli que, na sequência, afirmou repelir o pronunciamento do advogado. “Repilo o pronunciamento de sua excelência e não cumprimento nenhum pronunciamento deste tipo que ofende toda corte Suprema de nosso país”.

No jargão jurídico, “modulação de alfaiataria” indica uma proposta feita para não resolver a questão efetivamente ou então nascida de um acordo para beneficiar uma das partes. O julgamento deve prosseguir nesta quinta-feira.

https://www.youtube.com/watch?v=92imb-d9CvUhttps://youtu.be/92imb-d9CvU

 

Continua após a publicidade
Publicidade