Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Paulo Marinho vai depor em investigação sobre interferência na PF

Polícia Federal houve Paulo Marinho na terça-feira

Por Manoel Schlindwein - Atualizado em 22 maio 2020, 19h43 - Publicado em 22 maio 2020, 19h17

O empresário Paulo Marinho será ouvido pela Polícia Federal na terça-feira, dia 26, no inquérito comandado por Celso de Mello para apurar a interferência de Jair Bolsonaro na Polícia Federal, de modo a blindar familiares e amigos.

Marinho será ouvido na Superintendência da Polícia Federal do Rio, às 9h. Quem também foi convocado a depor no caso é Miguel Ângelo Braga Grillo. Ele será ouvido na quarta, em Brasília.

Publicidade