Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Para inglês ver

Na terceira semana de dezembro, o governo jactou-se de ter conseguido um saldo comercial de 1 bilhão de dólares. Beleza. Mas foi à custa de um velho truque que o governo usa. Conhecido como Repetro, é um regime aduaneiro que consiste em exportar uma plataforma de petróleo que nunca saiu e nem sairá do Brasil. […]

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 04h44 - Publicado em 30 dez 2013, 15h32
Plataforma: exportação para inglês ver

Plataforma: exportação para inglês ver

Na terceira semana de dezembro, o governo jactou-se de ter conseguido um saldo comercial de 1 bilhão de dólares. Beleza. Mas foi à custa de um velho truque que o governo usa.

Conhecido como Repetro, é um regime aduaneiro que consiste em exportar uma plataforma de petróleo que nunca saiu e nem sairá do Brasil.

Assim, o governo pôde contabilizar a “exportação” de uma plataforma de extração de petróleo no valor de 1,1 bilhão de dólares – e o que era para ser vermelho passa a ser azul da cor do mar. Não há, ressalte-se, ilegalidade na operação.

Neste ano, o Brasil exportou sete plataformas que continuam operando em mares brasileiros, num total de 7,7 bilhões de dólares.

Continua após a publicidade
Publicidade