Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Odebrecht recorre ao Supremo por letargia do MPF

Reclamações já foram feitas ao MPF, mas não surtiram efeito

Por Pedro Carvalho - Atualizado em 18 abr 2019, 09h46 - Publicado em 18 abr 2019, 06h33

A Odebrecht recorreu ao STF para apurar vazamentos de documentos e delações da empreiteira no exterior que apenas o MPF tinha acesso, já que a cláusula de sigilo de acordos em outros países está sob prazo indeterminado, definido pelo ministro Edson Fachin.

Procuradores e ministros da Corte estão em pé de guerra por censura à matéria da revista Crusoé.

O apelo à instância superior é o último recurso da Odebrecht, que já reclamou de vazamentos junto ao MPF e à PGR. Até agora, a chiadeira não deu em nada.

 

Continua após a publicidade
Publicidade