Clique e assine com até 92% de desconto
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

MP da isenção da tarifa de energia a famílias de baixa renda pode caducar

Parecer do deputado Léo Moraes defende que não haja aumento da tarifa neste ano.

Por Manoel Schlindwein Atualizado em 4 ago 2020, 11h27 - Publicado em 4 ago 2020, 10h32

O Congresso Nacional precisa votar até o final do dia a Medida Provisória 950, caso queira garantir o benefício de isenção da cobrança da tarifa de energia elétrica para as famílias de baixa renda por mais dois meses – julho e agosto.

O deputado Léo Moraes (PODE-RO), cobra que sua relatoria seja pautada e votada pela Câmara e pelo Senado ainda hoje, pois a Medida Provisória perde a validade na quarta-feira.

ASSINE VEJA

Os 10 fazendeiros que mais desmatam a Amazônia Leia em VEJA: Levantamento exclusivo revela os campeões da destruição. Mais: as mudanças do cotidiano na vida pós-pandemia
Clique e Assine

No relatório, o parlamentar defende que não haja aumento da tarifa de energia elétrica nem corte do fornecimento enquanto o decreto de calamidade pública estiver em vigor – ou seja, até 31 de dezembro.

Publicidade