Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Ministro do TCU pede inquérito da PF sobre servidor que forjou relatório

Despacho foi publicado por Bruno Dantas, relator do processo administrativo contra o auditor federal Alexandre Marques

Por Gustavo Maia Atualizado em 9 jun 2021, 12h23 - Publicado em 9 jun 2021, 12h00

Relator do processo administrativo contra o assessor do TCU que inventou um relatório sobre mortes na pandemia a partir de dados do tribunal, o ministro Bruno Dantas solicitou em despacho publicado há pouco a abertura de inquérito pela Polícia Federal para apurar o ocorrido. O pedido é direcionado à presidente da Corte, Ana Arraes, que deve acatar o requerimento.

Já afastado da suas funções na equipe de fiscalização das ações de enfrentamento à pandemia, o auditor federal de Controle Externo Alexandre Figueiredo Costa Silva Marques foi o autor do documento citado pelo presidente Jair Bolsonaro para dizer que o TCU questiona “supernotificação” na quantidade de óbitos por Covid-19 em 2020 — o que o tribunal nega, mas Bolsonaro segue insistindo na fake news.

Dantas também pediu o afastamento preventivo do cargo efetivo de auditor pelo prazo de 60 dias e que Marques fique impedido de entrar no prédio do TCU e de usar os sistemas do tribunal, tendo o seu login suspenso.

Publicidade