Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Lewandowski coloca em sigilo briga entre Lula e a Lava-Jato

Ministro do STF atendeu a um pedido feito pela defesa do ex-presidente

Por Mariana Muniz Atualizado em 28 jan 2021, 19h04 - Publicado em 28 jan 2021, 19h00

Atendendo a um pedido da defesa de Lula, o ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal, colocou em sigilo o processo em que o ex-presidente pede para ter acesso às mensagens dos procuradores da Lava-Jato vazadas por hackers.

Os advogados do petista alegam que documentos de caráter confidencial precisaram ser incluídos no processo e, por isso, solicitaram a restrição de acesso. O processo corria publicamente até esta quinta-feira.

Nesta quarta-feira, procuradores que integram ou integraram a força-tarefa da Lava-Jato em Curitiba pediram para que Lewandowski reconsiderasse a decisão que deu acesso integral a Lula ao material obtido na Operação Spoofing. 

No final de 2020, o ministro do STF determinou que o ex-presidente tivesse acesso ao acervo de mensagens apreendidas com os hackers. Na semana passada, contudo, a defesa do petista afirmou ter recebido apenas 10% do material da “Vaza-Jato”.

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade