Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Justiça nega liminar e Eike terá bloqueio de bens ampliado

Empresário entrou com liminar para impedir expansão do bloqueio

Por Ernesto Neves Atualizado em 24 Maio 2017, 15h48 - Publicado em 24 Maio 2017, 15h37

O Tribunal Regional Federal da 2ª Região, no Rio, negou uma liminar pedida pela defesa de Eike Batista contra a ampliação do bloqueio de bens.

A medida foi determinada pela Vara Federal Criminal do Rio, que ampliou de R$ 162 milhões para R$ 900 milhões os valores bloqueados do empresário na Justiça. 

Relator do processo no Tribunal,  o desembargador federal Messod Azulay destacou que a ampliação foi determinada por causa de nova denúncia contra o réu, recebida em fevereiro de 2016.

De acordo com o Ministério Público, Eike Batista é acusado de manipulação de mercado. Ele teria causado prejuízo de R$ 14 bilhões em uma operação envolvendo negociação de barris de petróleo.

Continua após a publicidade
Publicidade