Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Julgamento da descriminalização das drogas sobe no telhado do STF

Se análise da segunda instância atrasar, julgamento marcado para o dia 6 de novembro pode não acontecer

Por Laryssa Borges Atualizado em 23 out 2019, 19h36 - Publicado em 23 out 2019, 19h26

O julgamento no STF sobre a descriminalização do porte de drogas para consumo pessoal subiu no telhado.

É que Dias Toffoli não pretende convocar sessões extraordinárias caso o julgamento sobre as prisões após condenação em segunda instância não termine nesta quinta-feira.

Como o Supremo não realiza sessões na última semana do mês – os ministros usam esses dias para eventos fora da Corte –, se não for concluído nesta quinta, o julgamento será retomado apenas em 6 de novembro, exatamente a data reservada por Toffoli para discutir o caso das drogas.

Publicidade