Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia e Mariana Muniz. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Garotinho entra com pedido de habeas corpus no TSE

Ex-governador está preso desde o último dia 13

Por Ernesto Neves Atualizado em 20 set 2017, 17h19 - Publicado em 20 set 2017, 17h06

A defesa do ex-governador Anthony Garotinho acaba de protocolar um pedido de habeas corpus no Tribunal Superior Eleitoral. O relator do caso será o ministro Tarcísio Vieira de Carvalho.

Garotinho está em prisão domiciliar em Campos, interior do Rio, desde o último dia 13. Ele foi preso por decisão do juiz Ralph Manhães, da 100ª Zona Eleitoral de Campos.

O magistrado o condenou por corrupção eleitoral, associação criminosa, coação de testemunhas e supressão de documentos

 De acordo com a decisão, o ex-governador deverá cumprir 9 anos e 11 meses de prisão em regime fechado.

A condenação, entretanto, precisa ser confirmada em segunda instância.

Continua após a publicidade
Publicidade