Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

DPU vai recorrer de decisão que manteve realização do Enem

Justiça Federal rejeitou pedido para que provas não comecem neste domingo; Recurso será protocolado ainda nesta terça

Por Mariana Muniz 12 jan 2021, 13h35

A Defensoria Pública da União vai recorrer da decisão da Justiça Federal de São Paulo que rejeitou o pedido de adiamento do Enem, que terá início neste domingo. O órgão argumenta que o agravamento dos casos de coronavírus inviabiliza a realização das provas.

A juíza Marisa Claudia Gonçalves Cucio, da 12ª Vara Cível, defendeu em sua decisão que o adiamento “causará certamente prejuízos financeiros” e pode prejudicar o prosseguimento da formação acadêmica de muitos participantes.

Ao Radar, a DPU informou que o defensor regional de direitos humanos do órgão em SP, João Paulo Dorini, deve protocolar um recurso junto ao TRF ainda nesta terça-feira.  

Publicidade