Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Delegado Federal do MS faz apelo a Marcelo Bretas

'... aumento exponencial da violência na região de fronteira com o Paraguai"

Por Ernesto Neves Atualizado em 18 ago 2017, 15h44 - Publicado em 18 ago 2017, 12h35

A ordem dada pelo juiz Marcelo Bretas para que blindados apreendidos pela Lava-Jato sejam destinados à polícia fluminense despertou a atenção de outros estados. 

Na última quinta (17), o delegado Ricardo Cubas Cesar, da Superintendência da Polícia Federal em Mato Grosso do Sul, fez um apelo ao magistrado por doações ao estado.

Segundo Cesar, o estado enfrenta graves problemas de violência, principalmente na região de fronteira com o Paraguai.

“Considerando o aumento exponencial da violência na região de fronteira com o Paraguai, resultado da disputa entre as facções criminosas pelo comando do tráfico internacional de drogas, armas de fogo, dentre outros crimes, bem como as dificuldades que esta Superintendência Regional da Polícia Federal vem enfrentando no combate dessas organizações criminosas, seja pela escassez de recursos e efetivo, seja pela disposição geográfica da fronteira seca Brasil/Paraguai, solicitamos a Vossa Excelência a determinação do perdimento de um veículo blindado”, escreveu ao delegado.

Os blindados em questão foram apreendidos após a Operação Calicute, e eram utilizados para transportar propina destinada ao ex-governador Sérgio Cabral e seus auxiliares.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade